Potencialidades e fragilidades da Educação e do Trabalho Interprofissional em saúde: perspectivas de profissionais do Nordeste brasileiro

Autores

  • Emanuella Pinheiro de Farias Bispo Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas
  • Rosana Aparecida Salvador Rossit Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.17267/2594-7907ijhe.v5i1.3717

Palavras-chave:

Educação interprofissional. Aprendizado colaborativo. Formação. Equipe de assistência ao paciente.

Resumo

INTRODUÇÃO: A Organização Mundial da Saúde reconhece que a EIP é uma estratégia inovadora que proporciona a prática colaborativa. A mesma ocorre quando duas ou mais profissões aprendem sobre os outros, com os outros e entre si. OBJETIVO: Apresentar a análise das potencialidades e fragilidades da educação e do trabalho interprofissional na perspectiva de profissionais da saúde do setor público do Nordeste brasileiro. MÉTODOS E MATERIAIS: Trata-se de uma pesquisa de campo exploratória, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados com 189 participantes da área da saúde de diversas formações na área de saúde do Nordeste brasileiro. Os dados coletados foram inseridos em quadros sinópticos e organizados em categorias temáticas.  RESULTADOS: Os conteúdos expressos no espaço aberto do formulário eletrônico foram analisados a partir de dois eixos temáticos que emergiram dos resultados da pesquisa e nortearam as análises: Importância, desafios e possibilidades da Educação e Trabalho Interprofissional; e Formação em Saúde para a prática Interprofissional. Os conteúdos expressos apontam para a necessidade de mudanças curriculares nas graduações dos cursos da saúde, no intuito de favorecer uma formação voltada para a interprofissionalidade e com capacidade para atuar em equipes colaborativas. CONCLUSÃO: Foram identificados déficits na formação acadêmica e educação permanente para o fortalecimento da EIP para o fortalecimento das práticas interprofissionais e, consequentemente, para o fortalecimento das práticas interprofissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emanuella Pinheiro de Farias Bispo, Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas

Rosana Aparecida Salvador Rossit, Universidade Federal de São Paulo

Downloads

Publicado

2021-08-02

Como Citar

Bispo, E. P. de F., & Rossit, R. A. S. (2021). Potencialidades e fragilidades da Educação e do Trabalho Interprofissional em saúde: perspectivas de profissionais do Nordeste brasileiro. Revista Internacional De Educação E Saúde, 5(1). https://doi.org/10.17267/2594-7907ijhe.v5i1.3717

Edição

Seção

Artigos Originais