Experiência da residência de medicina de família e comunidade no teleatendimento pelo monitora Covid-19

Autores

  • Marcus Vinicius Sacramento França Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP).

DOI:

https://doi.org/10.17267/2594-7907ijhe.v5i1.3365

Palavras-chave:

Medicina de família e comunidade. Residência médica. Infecção por coronavírus. Telemedicina.

Resumo

INTRODUÇÃO: a infecção pelo vírus SARS CoV 2 causa a COVID-19, caracterizado por sintomas gripais como tosse, febre, odinofagia, alterações gustativas e olfativas, podendo complicar com pneumonia, síndrome respiratória aguda grave, sepse e eventos trombóticos.  Com a transmissão comunitária no Brasil, no final de março, vários serviços não essenciais foram fechados e procedimentos eletivos adiados.  A legalização temporária da telemedicina mostrou-se conveniente para as cirscunstâncias das pandemia, permitindo telemonitoramento e teleconsultas, como ocorre no aplicativo Monitora COVID-19. OBJETIVO: relatar as potencialidades desses aplicativo no desenvolvimento de habilidades dos residentes de medicina de família e comunidade no acompanhamento dos casos de síndrome gripal. RELATO DE EXPERIÊNCIA: por meio do processo de trabalho nesse aplicativo, reforçaram-se princípios de integralidade, multidisciplinariedade e o método clínico centrado na pessoa, tão importante para saúde da família. O acompanhamento dos pacientes de maneira integral requereu o conhecimento das subjetividades, da experiência da doença e algumas vezes criação de vínculo. O aperfeiçoamento da habilidade comunicativa e competência cultural foram importantíssimos para boa relação e diálogo com o paciente no aplicativo. CONCLUSÃO: o aplicativo possibilitou a acompanhamento remoto de pacientes com síndrome gripal, orientando autocuidado e encaminhamento resolutivo nos casos graves. O papel da medicina de família e comunidade, seus princípios e práticas mostram-se importantes para aperfeiçoamento das práticas de cuidado nessa ferramenta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-11

Como Citar

Sacramento França, M. V. (2021). Experiência da residência de medicina de família e comunidade no teleatendimento pelo monitora Covid-19. Revista Internacional De Educação E Saúde, 5(1). https://doi.org/10.17267/2594-7907ijhe.v5i1.3365

Edição

Seção

Relatos de Experiência