EXERCÍCIOS E ELETROESTIMULAÇÃO NA DOR, FUNÇÃO E PLASTICIDADE CEREBRAL DE INDIVÍDUOS COM OSTEOARTRITE DE JOELHO: O ESTADO DA ARTE

Autores

  • Cleber Luz Santos Universidade Federal da Bahia
  • Diana Oliveira Noronha Professora assistente na Faculdade Ruy Barbosa
  • Janine Ribeiro Camatti Universidade Federal da Bahia
  • Alai Barbosa Paixão Laboratório de Eletroestimulação Funcional da Universidade Federal da Bahia
  • Francisco Brito Xavier Laboratório de Eletroestimulação Funcional da Universidade Federal da Bahia
  • Abrahão Fontes Baptista Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i1.783

Palavras-chave:

Osteoartrite, Terapia por exercício, Terapia por estimulação elétrica, Plasticidade neuronal, Dor crônica

Resumo

Objetivo: Esta revisão fornece evidências sobre exercício e exercício combinado com a estimulação elétrica em indivíduos com OA do joelho. Método: Uma revisão narrativa foi realizada com termos de estratégias não-farmacológicas, particularmente exercício, estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) e estimulação elétrica neuromuscular (EEN). As variáveis analisadas foram dor, função, qualidade de vida e excitabilidade cortical. Resultados: Os resultados mostraram que o exercício foi benéfico para melhorar a dor e função em pessoas com OA do joelho. Exercício associados os ETCC pode melhorar os benefícios terapêuticos. As evidências na OA são raras, porém promissoras. Achados semelhantes foram encontrados com o EEN. Estudos sugerem que a combinação é melhor do que isolado exercício. Conclusões: Ambos os estímulos eléctricos pode ser envolvido no exercício com aumento do tamanho do efeito. Isto é devido à melhoria da plasticidade cerebral que ocorre de forma diferente nas duas técnicas. Os efeitos da interação entre os estímulos voluntários (exercício) e exógenos (elétrica) na plasticidade cerebral nos pacientes com OA do joelho requerem maior detalhamento. Informações sobre a intensidade, frequência e duração dos programas de intervenção são divergentes. Revisões sistemáticas com meta-análises podem ser desenvolvidas para identificar a combinação mais efetiva na dor, função e qualidade de vida desses indivíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleber Luz Santos, Universidade Federal da Bahia

Graduado em fisioterapia pela Universidade Católica do Salvador (2005), professor assistente da Universidade Federal da Bahia, ergonomista pelo INESP (2012) especialista em Terapia Manual e Postural pelo Centro Universitário de Maringá (2006), formação em Reeducação Postural Global, , mestre em Medicina e Saúde pela UFBA (2012). Exerceu o cargo de coordenador do curso de Fisioterapia da Faculdade Social da Bahia (2011-2013) e atuou como docente em diversas faculdades privadas até 2013. Foi sócio-diretor da Interativa Tecnologia e Reabilitação Ltda (2011-2013) e sócio-fundador da Associação Baiana de Biomecânica (2009-2011). Membro do grupo de pesquisa de neurodinâmica do sistema musculoesquelético e do Laboratório de eletroestimulação funcional (LEF). Atua na área de ergonomia com desenvolvimento de pesquisas em biomecânica ocupacional.

Diana Oliveira Noronha, Professora assistente na Faculdade Ruy Barbosa

Mestre em Medicina e saúde

Janine Ribeiro Camatti, Universidade Federal da Bahia

Estudante de fisioterapia

Alai Barbosa Paixão, Laboratório de Eletroestimulação Funcional da Universidade Federal da Bahia

Fisioterapeuta

Francisco Brito Xavier, Laboratório de Eletroestimulação Funcional da Universidade Federal da Bahia

Fisioterapeuta

Abrahão Fontes Baptista, Universidade Federal da Bahia

Doutor em ciências morfológicas, professor adjunto, Universidade Federal da Bahia

Downloads

Publicado

2016-03-22

Como Citar

Santos, C. L., Noronha, D. O., Camatti, J. R., Paixão, A. B., Xavier, F. B., & Baptista, A. F. (2016). EXERCÍCIOS E ELETROESTIMULAÇÃO NA DOR, FUNÇÃO E PLASTICIDADE CEREBRAL DE INDIVÍDUOS COM OSTEOARTRITE DE JOELHO: O ESTADO DA ARTE. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 6(1). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i1.783

Edição

Seção

Revisões de Literatura

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>