Percepções de docentes e atores de um caminho recém-traçado na simulação clínica

Autores

  • Ana Cláudia Carneiro Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Iêda Aleluia Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Marília Fagundes Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Maristela Sestelo Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Regina Brasil Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Tânia Soares Cia Teatro Griô

DOI:

https://doi.org/10.17267/2594-7907ijhe.v5i1.2871

Palavras-chave:

Simulação. Educação médica. Competências atitudinais. Ensino-aprendizagem.

Resumo

INTRODUÇÃO: A educação médica vem sofrendo uma série de alterações, inclusões e novas perspectivas no processo de ensino-aprendizagem, sendo a simulação realística uma delas. Engloba não somente as habilidades técnicas, mas também as atitudinais. A ideia básica da simulação é integrar conhecimentos teóricos, habilidades e atitudes.  OBJETIVOS: relatar a experiência de construção do núcleo de simulação em nossa faculdade, agregando desenvolvimento docente e a mudança de cultura. METODOLOGIA: através da cartografia, relatar a vivência de 04 professoras e duas atrizes, pelas narrativas de suas memórias e reflexões sobre o caminho percorrido e o saber construído. RESULTADOS E DISCUSSÃO: na experiência de cada uma sobre o primeiro cenário de simulação, em 2018.2, percebeu-se que o objetivo proposto foi cumprido (participação e estudo dos estudantes), mas também a profundidade da reflexão e da experiência de cada um. Houve o equilíbrio entre a técnica e a sensibilidade. O envolvimento das atrizes, na construção e concretização do projeto foi essencial nesse equilíbrio. CONCLUSÕES: a simulação fortaleceu as competências atitudinais, promoveu o desenvolvimento docente e mostrou a importância da união da arte e da técnica na formação do profissional de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-04-28

Como Citar

Carneiro, A. C., Aleluia, I., Fagundes, M., Sestelo, M., Brasil, R., & Soares, T. (2021). Percepções de docentes e atores de um caminho recém-traçado na simulação clínica. Revista Internacional De Educação E Saúde, 5(1). https://doi.org/10.17267/2594-7907ijhe.v5i1.2871

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)