Aplicabilidade da termografia por infravermelho na odontologia: uma revisão de literatura atualizada

Autores

  • Susana Silva Soares Mestrado em Odontologia e Saúde - FOUFBA - Salvador, Bahia, Brasil. Pós-Graduação em Termologia Aplicada à Saúde e Termografia Clínica Funcional – IDE - Salvador, Bahia, Brasil.
  • Alexandre Melo Karam Mestrado em Implantodontia – UNIFEB – São Paulo, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v11i1.2856

Palavras-chave:

Termografia. Diagnóstico por imagem. Doenças bucais. Transtornos da Articulação Temporomandibular.

Resumo

Na saúde, o prognóstico está atrelado a um diagnóstico preciso. No entanto, nos exames de diagnósticos por imagem, muitas vezes a subjetividade dos sinais/sintomas, associada à sobreposição de estruturas anatômicas ou presença de artefatos de imagem, dificulta a acurácia de diagnósticos e tratamentos.  Há séculos, é sabido que o excesso de calor ou frio está associado à disfunção ou doença. A termografia por infravermelho consiste em um método de diagnóstico funcional por imagem que permite inferir uma disfunção de um órgão/tecido, através da temperatura. Para tal, baseia-se no registro de diferenças de temperatura corporal e na detecção de padrões de assimetria térmica, em regiões contralaterais do corpo. Diante desse contexto, este trabalho objetiva realizar uma revisão narrativa da literatura atualizada sobre a aplicabilidade da termografia por infravermelho na Odontologia. Para a confecção deste trabalho, foram utilizados artigos que abordaram o uso da termografia infravermelha na Odontologia, no período de 1956 a 2019. No panorama atual, em que princípios como: sustentabilidade, eficácia, promoção de saúde e prevenção de doenças, ditam as diretrizes de saúde mundial, este trabalho corrobora com a concepção de que a inserção do exame termográfico na Odontologia pode favorecer diagnósticos precoces de disfunções/patologias, proporcionar um melhor direcionamento para outros exames mais específicos e contribuir para escolha de terapêuticas mais assertivas. Desta forma, embora a termografia por infravermelho ainda possua uma literatura incipiente e uma confiabilidade questionável, a utilização deste método auxiliar de análise mostra-se bastante promissor na Odontologia e em diversas outras áreas da saúde e do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-22

Como Citar

Soares, S. S., & Karam, A. M. (2020). Aplicabilidade da termografia por infravermelho na odontologia: uma revisão de literatura atualizada. Journal of Dentistry & Public Health (inactive / Archive Only), 11(1), 44–51. https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v11i1.2856

Edição

Seção

Revisões de Literatura