Epidemiologia da disfunção temporomandibular: uma revisão de literatura

Autores

  • Karine Renatta Barros Góes Centro Universitário Leão Sampaio - UNILEÃO
  • Manassés Tercio Vieira Grangeiro Universidade Estadual Paulista - UNESP
  • Viviane Maria Gonçalves de Figueiredo Centro Universitário Leão Sampaio - UNILEÃO

DOI:

https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v9i2.1813

Palavras-chave:

Epidemiologia. Transtornos da Articulação Temporomandibular. Sinais e Sintomas.

Resumo

Introdução: A disfunção temporomandibular (DTM) pode estar presente, em média, em 50% da população onde apresentam algum sinal ou sintoma da patologia.  Objetivo: revisar a epidemiologia da disfunção temporomandibular na literatura; com ênfase nas seguintes variáveis: gênero, faixa etária e sinais e sintomas. Material e método: As bases de dados utilizadas foram Pubmed, Scielo, Bireme e Lilacs em que foram coletados artigos através das palavras-chaves que foram: Epidemiologia; Transtornos da Articulação Temporomandibular; Sinais e Sintomas. Já os critérios de inclusão apresentados foram: literatura que aborde a temática em estudo, literatura dos últimos anos, estudos epidemiológicos e clínicos, revisão sistemática, literatura em português e inglês. Enquanto que os critérios de exclusão foram: carta ao editor, artigo de opinião, literatura duplicada em base de dados, por fim literatura que não apresenta as variáveis estudadas. Resultado: A epidemiologia da disfunção temporomandibular apresenta-se muito prevalente em populações distintas, como idosos, adolescentes e principalmente em adultos jovens. Conclusão: Os sinais e sintomas mais frequentes são dor muscular, dor articular, estalido e tensão emocional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manassés Tercio Vieira Grangeiro, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Odontologia Restauradora - Prótese Dentária

Viviane Maria Gonçalves de Figueiredo, Centro Universitário Leão Sampaio - UNILEÃO

Odontologia Restauradora - Prótese Dentária

Downloads

Publicado

2018-06-25

Como Citar

Góes, K. R. B., Grangeiro, M. T. V., & de Figueiredo, V. M. G. (2018). Epidemiologia da disfunção temporomandibular: uma revisão de literatura. Journal of Dentistry & Public Health (inactive / Archive Only), 9(2), 115–120. https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v9i2.1813

Edição

Seção

Revisões de Literatura

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)