Convergência e discrepância em documentos norteadores dos estágios supervisionados obrigatórios em fisioterapia: uma revisão integrativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i1.3388

Palavras-chave:

Estágios. Fisioterapia. Leis. Resoluções.

Resumo

INTRODUÇÃO: O estágio supervisionado obrigatório constitui-se em um componente curricular que integra o processo formativo do graduando em Fisioterapia. Todavia, a despeito de sua relevância como construto legal e normativo, os documentos oficiais não dão suporte suficiente à unificação dos critérios de sua realização, o que pode ocasionar a ocorrência de práticas irregulares. OBJETIVO: Identificar as discrepâncias e pontos de convergência existentes nos documentos oficiais e relatos de pesquisas que norteiam os estágios supervisionados obrigatórios em Fisioterapia. MÉTODOS: Revisão integrativa da literatura com consulta às bases de dados PubMed, SciELO, Biblioteca Virtual em Saúde e Periódicos Capes, e aos documentos oficiais do Conselho Federal de Fisioterapia, Conselho Nacional de Saúde, Ministério da Educação e Associação Brasileira de Ensino em Fisioterapia. RESULTADOS: Foram analisados 15 artigos publicados entre os anos de 2002 e 2017 e sete documentos oficiais que abordam os estágios, a práxis pedagógica e as normas legais no contexto da Fisioterapia. CONCLUSÃO: Existem discrepâncias em relação ao número de estudantes por supervisor de estágio e por turno de prática, à identidade do profissional, sua presença durante o treinamento e intervalo temporal entre a teoria e o estágio curricular obrigatório. Já como pontos de convergência podem ser pontuados o reconhecimento do estágio enquanto uma prática curricular obrigatória e didático-pedagógica e o momento em que o estudante deverá ser estimulado a desenvolver autonomia e responsabilidade profissional, interação com a equipe multiprofissional e habilidade no manejo dos pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Cavalcante Moreira, Universidade do Estado da Bahia

Universidade do Estado da Bahia, Departamento Ciências da Vida, Curso de Fisioterapia

Sumaia Midlej Sá, Universidade do Estado da Bahia. Universidade Católica do Salvador

Professora Adjunta do Colegiado de Fisioterapia da Universidade do Estado da Bahia.

Ana Sueli Teixeira de Pinho, Universidade do Estado da Bahia Prose7te

Pesquisadora do Grupo de Pesquisa (Auto)biografia, Formação e História Oral/GRAPHO (UNEB). Diretora Geral da Prose7te.

Helena Fraga-Maia, Universidade do Estado da Bahia (Salvador)

Professora Titular da Universidade do Estado da Bahia, Departamento Ciências da Vida, Mestrado Profissional em Saúde Coletiva.

Publicado

2021-02-23

Como Citar

Moreira, C. C., Midlej Sá, S., Teixeira de Pinho, A. S., & Fraga-Maia, H. (2021). Convergência e discrepância em documentos norteadores dos estágios supervisionados obrigatórios em fisioterapia: uma revisão integrativa. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 11(1), 238–251. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i1.3388

Edição

Seção

Revisões de Literatura