O IMPACTO DA ATIVIDADE FÍSICA NA ARTRITE REUMATÓIDE

Autores

  • Susana Santos Sampaio Lacerda Silva Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - EBMSP
  • Selena Márcia Dubois Mendes Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - EBMSP
  • Silvana Almeida Nascimento Ribas Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - EBMSP
  • Abrahão Fontes Baptista Universidade Federal da Bahia – UFBA
  • Mittermayer Barreto Santiago Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - EBMSP
  • Kátia Nunes Sá Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - EBMSP

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v3i2.299

Palavras-chave:

Função, Atividade Física, Artrite Reumatoide

Resumo

Objetivos: Verificar o impacto da atividade física na artrite reumatoide (AR) e a associação entre o nível de atividade física (NAF) com o nível de atividade da doença (NAD). Metodologia: Estudo observacional de corte transversal realizado em indivíduos com AR de um ambulatório de referência de Salvador-BA. Foram incluídos pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, com diagnóstico médico confirmado para AR pelos critérios do Colégio Americano de Reumatologia; e excluídos pacientes com déficits cognitivos e doenças associadas que pudessem afetar o NAF. Na coleta de dados utilizou-se o International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), um questionário sociodemográfico e foram aferidos peso e altura pela balança de precisão da marca Welmy. A coleta foi realizada nos dias em que os pacientes já eram assistidos. As variáveis independentes foram o NAF, idade e tempo de doença. A variável dependente foi o NAD. Para análise das variáveis categóricas NAF e NAD foi usado o Qui-quadrado e para análises numéricas idade e tempo de doença o ANOVA. Resultados: Não foi encontrada relação significativa entre o NAF e o NAD (p=0,73), porém, entre a escolaridade e o NAF houve significância (p=0,06). Conclusão: Conclui-se que não houve associação entre o NAF e o NAD. A escolaridade demonstrou significância estatística nesta população, o que pode estar relacionado com acesso à informação da população estudada e o autocuidado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-23

Como Citar

Lacerda Silva, S. S. S., Dubois Mendes, S. M., Nascimento Ribas, S. A., Fontes Baptista, A., Barreto Santiago, M., & Nunes Sá, K. (2013). O IMPACTO DA ATIVIDADE FÍSICA NA ARTRITE REUMATÓIDE. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 3(2). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v3i2.299

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>