Desenvolvimento de um aplicativo para identificação do risco de quedas em idosos

Autores

  • Maria Consuelo D´Almeida Nuñez Filha Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Elen Beatriz Carneiro Pinto Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública(EBMSP), Salvador, BA, Brazil
  • Handerson Jorge Dourado Leite Polo de Inovação Salvador, Instituto Federal de Educação,Ciência e Tecnologia da Bahia(IFBA),Salvador,BA, Brazil

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.2047

Palavras-chave:

Informática em saúde. Sistemas de apoio a decisão. Acidentes por quedas. Idosos.

Resumo

INTRODUÇÃO: A queda pode ocorrer em qualquer fase da vida do indivíduo, porém é mais frequente em idosos, representando um alto impacto social e econômico ao país e ao mundo. Hoje, o sistema de saúde pública incentiva amplamente os estudos científicos que perpassam pela compreensão das causas do cair do idoso, para que a prevenção efetiva deste episódio seja alcançada, diminuindo a demanda e os custos na saúde. OBJETIVO: Desenvolver uma ferramenta eletrônica web mobile que auxilie os profissionais de saúde na avaliação do risco de quedas do idoso a partir de instrumentos adaptados para o português do Brasil, validados para a população idosa e com amplo uso na literatura. MÉTODO: Trata-se de um projeto de desenvolvimento de um protótipo usando a plataforma Android e a linguagem JAVA. RESULTADOS: Após análise dos critérios estabelecidos no estudo os instrumentos selecionados para o desenvolvimento do software foram o Índice Dinâmico da  Marcha (Dynamic Gait Index-DGI),  a Escala de Equilíbrio de Berg (Berg Balance Scale), o Levantar e Caminhar Cronometrado (Timed up and go-TUG) e o Índice  de Equilíbrio de Tinetti (Performance Oriented Mobility Assessment-POMA). Os testes realizados após a finalização do software, apresentaram uma compatibilidade 100% com o referencial escolhido. CONCLUSÃO: O aplicativo desenvolvido durante o processo, apresentou-se versátil, rápido, possuindo os principais instrumentos validados na literatura brasileira, para identificar o risco de quedas em idosos, de fácil operação, gerando uma tendência positiva a aderência do profissional de saúde na sua utilização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Consuelo D´Almeida Nuñez Filha, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Graduada em Fisioterapia pela Universidade Católica do Salvador (1996). Pós graduada em MBA- Gestão Hospitalar pela Universidade Castelo Branco/ Atualiza, Mestre
em Tecnologias em Saúde e Doutoranda em Medicina e Saúde Humana pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Atualmente é Docente na Escola Bahiana de
Medicina e Saúde Pública (EBMSP) e Coordenadora de Cursos de Pós Graduação e Extensão em Fisioterapia do Grupo Atualiza.

Elen Beatriz Carneiro Pinto, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública(EBMSP), Salvador, BA, Brazil

Profesora Titular do Departamento de Fisioterapia, Escola Bahiana de Medicina e Saúde       Pública(EBMSP), Salvador, BA, Brazil

Handerson Jorge Dourado Leite, Polo de Inovação Salvador, Instituto Federal de Educação,Ciência e Tecnologia da Bahia(IFBA),Salvador,BA, Brazil

Polo de Inovação Salvador, Instituto Federal de Educação,Ciência e Tecnologia da            Bahia(IFBA),Salvador,BA, Brazil

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Nuñez Filha, M. C. D., Pinto, E. B. C., & Leite, H. J. D. (2018). Desenvolvimento de um aplicativo para identificação do risco de quedas em idosos. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 8(3), 354–360. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.2047

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)