SÍNDROME DE BURNOUT EM DOCENTES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

Autores

  • Juliana Barros Ferreira FAINOR/FTC
  • Karollyne Rocha da Silva Faculdade Independente do Nordeste- FAINOR
  • Karla Cavalcante Silva de Morais FAINOR
  • Andréa Silva Souza Faculdade Independente do Nordeste-FAINOR
  • Cleyara Pereira de Almeida FAINOR

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i2.1328

Palavras-chave:

Burnout, Docentes, Desgaste Profissional, Qualidade de Vida

Resumo

Objetivos: Investigar a prevalência da síndrome de Burnout em professores de uma instituição particular, analisar a correlação entre Síndrome de Burnout e indicadores de qualidade de vida, e apresentar suas principais características. Método: Trata-se de um estudo observacional, de corte transversal e caráter quantitativo, com amostra de 93 indivíduos de ambos os gêneros, composta pelos docentes atuantes de uma instituição de ensino superior. Para a análise descritiva das características da população foram calculadas as médias e desvios padrão das variáveis estudadas. A correlação entre a qualidade de vida, fatores preditores, sinais e sintomas com a síndrome de Burnout foi realizada através do coeficiente de correlação de Spearman. O nível de significância adotado foi de 1%. Resultados: Dentre os participantes 5.38% evidenciaram a presença da síndrome e 15.91% exposição a mesma. Foi observado ainda que 34,4% apresentam altos níveis de exaustão emocional, 24,7% apresentam níveis altos de despersonalização e 34,4% apresentam baixos níveis de realização profissional. Conclusão: Os profissionais apontaram sinais de exaustão emocional condizentes com a Síndrome de Burnout em níveis altos, vinculados ao somatório das exigências da prática profissional. Os achados deste estudo podem subsidiar programas preventivos do adoecimento mental na prática da docência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Barros Ferreira, FAINOR/FTC

Fisioterapueta, Mestranda em Tecnologias em Saúde/EBMSP

Docente da Faculdade Independente do Nordeste- FAINOR e Faculdade de Tecnologia e Ciências.

Karollyne Rocha da Silva, Faculdade Independente do Nordeste- FAINOR

Fisioterapeuta, Graduada pela Faculdade Independente do Nordeste- FAINOR

Karla Cavalcante Silva de Morais, FAINOR

Fisioterapeuta, Mestre em  Saúde pública ENSP/FIOCRUZ. Docente da FAINOR e Maurício de Nassau. 

Andréa Silva Souza, Faculdade Independente do Nordeste-FAINOR

Fisioterapeuta, graduada pela Faculdade Independente do Nordeste

Cleyara Pereira de Almeida, FAINOR

Fisioterapeuta, graduada pela Faculdade Independente do Nordeste

Downloads

Publicado

2017-05-29

Como Citar

Ferreira, J. B., da Silva, K. R., Silva de Morais, K. C., Souza, A. S., & de Almeida, C. P. (2017). SÍNDROME DE BURNOUT EM DOCENTES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 7(2), 233–243. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i2.1328

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)