DESENVOLVIMENTO DE UM EDUCADOR VAGINAL ATRAVÉS DO PROCESSO DE MANUFATURA ADITIVA (IMPRESSÃO 3D)

Autores

  • Ketinlly Yasmyne Nascimento Martins
  • Rodolfo Ramos Castelo Branco
  • Katiuska Duarte de Andrade
  • Josivânia Bezerra da Silva
  • Maria de Lourdes Fernandes de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i1.1239

Palavras-chave:

Educador vaginal, Manufatura aditiva, Saúde da mulher

Resumo

Introdução: A utilização de educadores vaginais é uma das formas de uso da cinesioterapia para tratamento do assoalho pélvico, trabalhando a musculatura de forma ativa aumentando a resistência muscular. Dessa forma, estes dispositivos tem demonstrado grande importância no treinamento da musculatura do assoalho pélvico por permitir o acompanhamento dos movimentos das paredes internas da vagina fornecendo feedback ao profissional e ao próprio paciente. O acesso a este tipo de dispositivo é reduzido e por este motivo buscou-se uma maneira de desenvolver um dispositivo diferenciado e de fácil acesso através do processo de manufatura aditiva (Impressão 3D) o qual permite criar objetos precisos, em menor tempo e com baixo custo. Objetivo: Desenvolvimento de um educador vaginal através do processo de Manufatura Aditiva (MA). Metodologia: O dispositivo será desenvolvido a partir de modelagem em software CAD e impresso através processo de MA em impressora 3D que utiliza como matéria prima o poliácido lático (PLA). Resultados: A concepção deste disposto será feita a partir de estudos em um modelo de educador vaginal já existente. Portanto, será desenvolvido um novo designer de educador vaginal, visando um melhor acoplamento deste na vagina, para assim fornecer uma resposta sensorial da região perineal da paciente. Após modelagem, o dispositivo será encaminhado para estação de impressão 3D e impresso com precisão como prevê a tecnologia de MA. Conclusão: A criação deste dispositivo através do processo de Manufatura Aditiva dá uma nova perspectiva aos tratamentos de disfunções do assoalho pélvico, uma vez que este pode ser produzido com designer inovador, em pequenas escalas, de forma imediata e com custo reduzido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ketinlly Yasmyne Nascimento Martins

Mestre em Ciência e Tecnologia em Saúde. Professora Visitante da Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Rodolfo Ramos Castelo Branco

Engenheiro Mecânico. Mestre em Ciência e Tecnologia em Saúde. Diretor R9 Engenharia e Tecnologia, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Katiuska Duarte de Andrade

Graduanda em Fisioterapia pela Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Josivânia Bezerra da Silva

Graduanda em Fisioterapia pela Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Maria de Lourdes Fernandes de Oliveira

Especialista. Professora Efetiva da Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Downloads

Publicado

2017-02-21

Como Citar

Nascimento Martins, K. Y., Castelo Branco, R. R., de Andrade, K. D., da Silva, J. B., & de Oliveira, M. de L. F. (2017). DESENVOLVIMENTO DE UM EDUCADOR VAGINAL ATRAVÉS DO PROCESSO DE MANUFATURA ADITIVA (IMPRESSÃO 3D). Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 7(1), 20–23. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i1.1239

Edição

Seção

Artigos Originais