CONDIÇÕES FÍSICO-FUNCIONAIS E QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES NO PRÉ E PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDÍACA

Autores

  • Édina Steffens
  • Fernanda Dallazen Doutoranda em Medicina e Ciências da Saúde - PUC/RS
  • Catherine Catherine Sartori
  • Sabrina Chiapinotto
  • Iara Denise Endruweit Battisti
  • Eliane Roseli Winkelmann

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i4.1149

Palavras-chave:

Força muscular, Qualidade de vida, Cirurgia torácica, Fisioterapia

Resumo

Objetivo: Analisar as condições físico-funcionais e a qualidade de vida de pacientes no pré e pós-operatório de cirurgia cardíaca. Materiais e Métodos: Estudo de delineamento transversal, composto por pacientes submetidos à cirúrgica cardíaca eletiva. Os pacientes foram avaliados no pré-operatório e pós-operatório (momento da alta hospitalar) quanto às condições físico-funcionais, incluindo medidas antropométricas, o teste senta e levanta em um minuto (TSL1min), força muscular inspiratória (PImáx) e expiratória (PEmáx), cirtometria torácica e a qualidade vida  avaliado pelo WHOQOL-bref. Para análise estatística foi utilizado o software SPSS (versão 23.0) e as variáveis qualitativas foram apresentadas por meio de frequências e porcentagens, e as quantitativas, foram apresentadas por média e desvio-padrão (M±DP). Foi utilizado o teste T de Student para comparação entre o momento pré e pós-operatório, adotando o nível de significância de p?0,05. Resultados: Na análise entre o pré e pós-operatório observou-se uma redução estatisticamente significativa na avaliação físico-funcional de todas as variáveis analisadas, incluindo o TSL1min (p=0,001), PImáx (p=0,001) e PEmáx (p=0,001) e cirtometria torácica (p=0,001). Porém, os valores da qualidade de vida mostraram uma melhora estatisticamente significativa nos quatro domínios (físico p=0,043; psicológico p=0,001; relações sociais p=0,046 e ambiental p=0,001) e nas duas questões gerais (p=0,001). Conclusões: Houve uma piora da condição física funcional, porém uma melhora da qualidade de vida entre o pré e o pós-operatório de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Édina Steffens

Fisioterapeuta. Egressa da UNIJUI. Ijuí – RS, Brasil

Fernanda Dallazen, Doutoranda em Medicina e Ciências da Saúde - PUC/RS

Fisioterapeuta. Doutoranda em Medicina e Ciências da Saúde - PUC/RS; Mestre em Gerontologia - UFSM; Pós-graduada em Fisioterapia em Terapia Intensiva - INSPIRAR/POA. 

 

Catherine Catherine Sartori

Fisioterapeuta. Egressa da UNIJUI. Ijuí – RS, Brasil

Sabrina Chiapinotto

Acadêmica do 9º semestre do curso de Fisioterapia da UNIJUI.

Iara Denise Endruweit Battisti

Informática. Doutora em Epidemiologia – UFRGS. Mestre em Estatística - UFLA. Docente da UFFS. Cerro Largo – RS, Brasil.

Eliane Roseli Winkelmann

Fisioterapeuta. Doutora em Cardiologia e Ciências Cardiovasculares - UFRGS. Docente do curso de Fisioterapia e do Programa de Pós-graduação Scricto Sensu em Atenção Integral à Saúde (PPGAIS) da UNIJUI. Líder do Grupo de Pesquisa Atenção em Saúde (GPAS). Ijuí – RS, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-11-25

Como Citar

Steffens, Édina, Dallazen, F., Catherine Sartori, C., Chiapinotto, S., Battisti, I. D. E., & Winkelmann, E. R. (2016). CONDIÇÕES FÍSICO-FUNCIONAIS E QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES NO PRÉ E PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDÍACA. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 6(4). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i4.1149

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)