O partejar da enfermagem à mulher em uma casa de parto

Ernandes Gonçalves Dias, Ana Mendes Souza Freitas, Hilária Kezia Gonçalves de Freitas Nunes, Daiane Kelen Cardoso Silva, Lyliane Martins Campos

Resumo


OBJETIVO: Avaliar o partejar da enfermagem à mulher nos períodos do trabalho de parto e nascimento em uma Casa de Parto sob a perspectiva da parturiente. MÉTODO: Trata-se de um estudo descritivo e qualitativo com sete mulheres assistidas em uma Casa de Parto no norte de Minas Gerais. Os dados foram coletados em agosto de 2019 por meio de uma entrevista semiestruturada e analisados mediante a técnica de “Análise do Conteúdo” na perspectiva de Bardin. RESULTADOS: Emergiram duas categorias de análise: “Integralidade e longitudinalidade no cuidado de Enfermagem” e “Estratégias de cuidado e promoção da autonomia da mulher” que apontaram condutas de respeito a autonomia e fisiologia do trabalho de parto, além do adotarem práticas não farmacológicas para alívio da dor e a garantia da presença de acompanhante e apoio familiar no trabalho de parto. CONCLUSÃO: O cuidado de Enfermagem destinado às mulheres em trabalho de parto indica um partejar humanizado, estabelecimento de vínculo e relação empática balizados por um cuidado integral e longitudinal. Essas condutas podem romper sentimentos negativos em relação aos profissionais, à assistência de enfermagem e ao ato de parir.


Palavras-chave


Cuidados de enfermagem. Profissionais de enfermagem. Parto normal. Assistência ao Parto. Maternidades Independentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3378rec.v10i1.3501

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Ernandes Gonçalves Dias, Ana Mendes Souza Freitas, Hilária Kezia Gonçalves de Freitas Nunes, Daiane Kelen Cardoso Silva, Lyliane Martins Campos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

DOAJ          ROAD          FUNADESP                    

 

Revista Enfermagem Contemporânea | ISSN: 2317-3378

Site atualizado em 03/01/2020

Licença Creative Commons