Processo de trabalho de supervisão de enfermagem em policlínicas: limites e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v9i2.3115

Palavras-chave:

Enfermagem. Supervisão de enfermagem. Centros de saúde. Administração de serviços de saúde. Organização e administração.

Resumo

OBJETIVO: Descrever os limites e as possibilidades do processo de trabalho de supervisão de enfermagem em policlínicas. MÉTODO: Estudo descritivo, exploratório e de abordagem qualitativa, realizado em cinco policlínicas de uma grande cidade do Estado da Bahia, Brasil. As entrevistas semiestruturadas foram realizadas com as cinco supervisoras de enfermagem e analisadas pela de técnica análise de conteúdo. RESULTADOS: As supervisoras de enfermagem relataram como principais limites para o seu trabalho a resistência da equipe em participar de eventos educativos, relação precária entre demandas de usuários, insuficiência no quantitativo da equipe de enfermagem, dificuldade na regulação de usuários, recursos humanos e financeiros ineficazes. Entre as possibilidades foram relatadas a comunicação, o relacionamento interpessoal e a boa articulação entre a gestão e coordenação. CONCLUSÃO: Os limites encontrados ratificam as dificuldades encontradas na gestão dos serviços de saúde, assim como atestam a complexidade e necessidade da supervisão de enfermagem em promover boas práticas para um cuidado qualificado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidiana Almeida Sacramento, Pesquisadora independente

Enfermeira. Pós-graduada em UTI e Emergência

Wilton Nascimento Figueredo, Universidade Estadual de Feira de Santana

Enfermeiro. Mestre em Estudos Interdisciplinares sobre a Universidade UFBA. Doutor em Enfermagem UFBA. Professor na Universidade Estadual de Feira de Santana

Maria Lúcia Silva Servo, Universidade Estadual de Feira de Santana

Enfermeira. Mestra em Enfermagem UFBA. Doutora em Enfermagem USP. Professora na Universidade Estadual de Feira de Santana.

Tássia Teles Santana de Macêdo, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Enfermeira. Mestra e Doutora em Enfermagem UFBA. Professora na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Elionara Teixeira Boa Sorte Fernandes, Universidade do Estado da Bahia, Campus XII

Enfermeira. Mestra e Doutora em Enfermagem UFBA. Professora na Universidade do Estado da Bahia, Campus XII

Publicado

2020-10-22

Como Citar

Sacramento, L. A., Figueredo, W. N., Servo, M. L. S., Macêdo, T. T. S. de, & Fernandes, E. T. B. S. (2020). Processo de trabalho de supervisão de enfermagem em policlínicas: limites e possibilidades. Revista Enfermagem Contemporânea, 9(2), 238–245. https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v9i2.3115

Edição

Seção

Artigos Originais