FISIOTERAPIA NA FLEXIBILIDADE DO OMBRO PÓS CIRURGIA DE CÂNCER DE MAMA: REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

  • Bianca Dantas Martins Pinheiro UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  • Marcela Augusta de Moura Roma UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  • Erika Pedreira da Fonseca UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  • Daniele Costa Borges Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  • Mansueto Gomes Neto UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  • Helena França Correia dos Reis UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i2.809

Palavras-chave:

Câncer de Mama, Amplitude de Movimento Articular, Exercício, Terapia por Exercício, Fisioterapia

Resumo

Objetivo: sintetizar as principais evidências científicas relativas à eficácia da fisioterapia na amplitude de movimento de ombro em pacientes submetidas à cirurgia de câncer de mama. Metodologia: A pesquisa foi realizada a partir de um protocolo pré-determinado nas bases de dados PubMed/Medline e Bireme, utilizando os descritores: mastectomia, cirurgia de câncer de mama, amplitude de movimento articular, exercício, terapia por exercício, técnica de exercício e de movimento e fisioterapia, assim como seus correlatos na língua inglesa, através das combinações dos operadores booleanos (AND e OR), sem delimitação de tempo e idioma. A avaliação da qualidade metodológica e do risco de viés dos artigos foi de acordo com a Cochrane Collaboration. Resultados: Foram encontrados 193 artigos na busca primária. A partir de oito artigos selecionados, verificou-se que existem recursos fisioterapêuticos para melhorar a amplitude de movimento do ombro em mulheres que foram submetidas à cirurgia de câncer de mama. Conclusão: A evidência consultada nesta revisão sistemática sugere que a fisioterapia é eficaz na recuperação da amplitude de movimento do ombro no pós-operatório de cirurgia de câncer de mama.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bianca Dantas Martins Pinheiro, UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

FISIOTERAPEUTA FORMADA PELA UNIVERIDADE FEDERAL DA BAHIA.

Marcela Augusta de Moura Roma, UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

FISIOTERAPEUTA. RESIDENTE EM FISIOTERAPIA HOSPITALAR COM ENFASE EM TERAPIA INTENSIVA - UNIVERSIDADE SALVADOR/UNIFACS - HOSPITAL DA CIDADE/HOSPITAL GERAL ROBERTO SANTOS.

Erika Pedreira da Fonseca, UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Mestrado em Tecnologias em Saúde pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Professora da Universidade Católica do Salvador.

Daniele Costa Borges Souza, UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

FISIOTERAPEUTA, GRADUADA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA, FISIOTERAPEUTA DO HOSPITAL ERNESTO SIMOES FILHO - UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA, MESTRANDA DA PÓS GRADUAÇÃO EM MEDICINA E SAÚDE DA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA. PÓS GRADUANDA EM FISIOTERAPIA HOSPITALAR - ESCOLA BAHIANA DE MEDICINA E SAÚDE PÚBLICA. INTEGRANTE DO DINEP - GRUPO DE PESQUISA NEUROFUNCIONAL.

Mansueto Gomes Neto, UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Mestrado em Ciências da Reabilitação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Doutorado em Medicina e Saúde pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor Adjunto I do departamento de Biofunção, Coordenador do curso de Fisioterapia e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Medicina e Saúde da UFBA.

Helena França Correia dos Reis, UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Mestrado em Medicina e Saúde Humana pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e doutorado em Medicina e Saúde Humana. Especialista em Fisioterapia Respiratória pela ASSOBRAFIR - Associação Brasileira de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Fisioterapia em Terapia Intensiva. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal da Bahia, Departamento de Biofunção, Curso de Fisioterapia. T

Downloads

Publicado

2016-06-14

Como Citar

Pinheiro, B. D. M., Roma, M. A. de M., Fonseca, E. P. da, Souza, D. C. B., Gomes Neto, M., & Reis, H. F. C. dos. (2016). FISIOTERAPIA NA FLEXIBILIDADE DO OMBRO PÓS CIRURGIA DE CÂNCER DE MAMA: REVISÃO SISTEMÁTICA. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 6(2). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i2.809

Edição

Seção

Revisões de Literatura

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)