AVALIAÇÃO DO DISCO INTERVERTEBRAL DE RATOS WISTAR APÓS USO DE EXPERIMENTAL SUIT THERAPY

Autores

  • Thiago Fernando Mattjie Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).
  • Camila Thieime Rosa Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).
  • Márcia Cristina Dias Borges Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).
  • Rose Meire Costa Brancalhão Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).
  • Lucinéia de Fátima Chasko Ribeiro Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).
  • Gladson Ricardo Flor Bertolini Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v5i3.695

Palavras-chave:

Fisioterapia, Coluna vertebral, Degeneração do disco intervertebral

Resumo

Objetivos: visto que a sobrecarga ou pressão inadequada sobre as estruturas do disco intervertebral podem causar degeneração discal, este estudo teve como objetivo, avaliar um modelo experimental da suit therapy sobre os discos intervertebrais do segmento torácico da coluna, avaliando a altura na sua porção anterior, medial e posterior, como também da altura do núcleo pulposo. Métodos: 30 ratos Wistar, foram separados em 5 grupos (G1 – controle; G2 – simulação do uso da suit; G3 – 2 horas com a suit; G4 –2 horas com peso adaptado; G5 – 2 horas com a vestimenta e bandas de tração). Foi confeccionado um modelo experimental da vestimenta, tipo macacão terapêutico. O experimento teve duração de 4 semanas, com a colocação da vestimenta em 5 dias consecutivos, com pausa de 2 dias. Ao final o segmento torácico da coluna vertebral foi dissecado na região do cruzamento das bandas elásticas, entre T7 e T10. Os segmentos foram fixados em formol, clivados longitudinalmente, no plano mediano, tendo como base os processos espinhosos, seccionados em espessura de 7 ?m, e corados em Hematoxilina Eosina (HE). As imagens foram obtidas por fotomicrografia e analisadas as alturas nas regiões anterior, média e posterior do disco, e ainda, a altura do núcleo pulposo. Resultados: não houve diferença significativa, na mensuração das alturas avaliadas. Conclusão: Conforme o protocolo, de compressão do disco, apresentado não houve alterações morfométricas do disco intervertebral torácico de ratos Wistar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gladson Ricardo Flor Bertolini, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

Laboratório de Estudo das Lesões e Recursos Fisioterapêuticos da Unioeste.

Downloads

Publicado

2015-12-18

Como Citar

Mattjie, T. F., Rosa, C. T., Borges, M. C. D., Brancalhão, R. M. C., Ribeiro, L. de F. C., & Bertolini, G. R. F. (2015). AVALIAÇÃO DO DISCO INTERVERTEBRAL DE RATOS WISTAR APÓS USO DE EXPERIMENTAL SUIT THERAPY. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 5(3). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v5i3.695

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)