AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA E DA DOR EM INDIVÍDUOS COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

Autores

  • Wiviane Maria Torres de Matos Freitas Centro Universitário do Pará
  • Ana Karoliny Ferreira dos Santos Centro Universitário do Pará
  • Eva de Melo Saliba Centro Universitário do Pará
  • Ellen Ana da Silva Centro Universitário do Pará

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v5i3.636

Palavras-chave:

Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular, Dor crônica, Qualidade de Vida

Resumo

Atualmente, estudos sugerem que cerca de 40% a 60% da população em geral é acometida por algum tipo de Disfunção Temporomadibular (DTM), e sabe-se que essa disfunção pode ocasionar prejuízos à integridade do indivíduo. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida e da dor em indivíduos com Disfunção Temporomandibular. Material e Métodos: Foram entrevistadas 27 mulheres, submetidas à aplicação de um questionário contendo informações acerca do perfil sócio-demográfico, assim como instrumentos para coleta de informações clínicas sobre a qualidade de vida e sobre a dor existentes pela DTM. Os materiais utilizados foram Oral Health Impact Profile – 14 e Questionário de Dor Br-MPQ. Resultados: Identificou-se uma média de 31,74 anos de idade entre as participantes, a maioria com estado civil sendo solteiras e como ocupação predominante as estudantes. Quanto aos aspetos de dor, as pesquisadas apresentaram interferência em atividades como o sono (35%) e grande acometimento quanto ao apetite (30%). Prejudicando a qualidade de vida em aspectos como a dor persistente, com sensação de desconforto ao comer e tensão pelo problema bucal. Conclusão: Pôde-se observar que a DTM interferiu diretamente em aspectos da qualidade de vida das participantes (trabalho, sono e apetite), apesar do reduzido tamanho amostral, sugere-se novos estudos visando à necessidade de orientações e tratamento adequados para este público, como estratégia para minimizar os acometimentos da disfunção na vida do portador de DTM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-18

Como Citar

Torres de Matos Freitas, W. M., Ferreira dos Santos, A. K., Melo Saliba, E. de, & Silva, E. A. da. (2015). AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA E DA DOR EM INDIVÍDUOS COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 5(3). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v5i3.636

Edição

Seção

Artigos Originais