EFEITOS DA GINÁSTICA LABORAL NA SAÚDE DO TRABALHADOR: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Maysa Venturoso Gongora Buckeridge Serra, Lorrana Campos Pimenta, Paulo Roberto Veiga Quemelo

Resumo


Introdução: A ginástica laboral (GL) é uma modalidade de atividade física praticada dentro da empresa. No entanto, os efeitos dessa prática sobre a prevenção de doenças ocupacionais e melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores ainda não está totalmente esclarecido. Objetivo: Fazer uma análise crítica acerca da contribuição da GL na saúde do trabalhador. Metodologia: A revisão integrativa da bibliografia foi o método de pesquisa utilizado neste estudo. Os Bancos de dados utilizados foram: as bibliotecas eletrônicas Scielo e PubMed. Resultados: Dos resultados extraídos dos sete artigos selecionados, foi possível observar que a GL apresentou resultados positivos para a melhora da qualidade de vida, provocou redução nos sintomas de depressão e dores na coluna, bem como melhorou a autoestima dos trabalhadores. Em relação à qualidade dos artigos, o resultado médio para a escala de PEDro foi de 5,7±0,8 pontos. Conclusão: Embora existam poucos artigos sobre os efeitos da GL, os estudos foram classificados como moderado e de boa qualidade. Os resultados mostraram que a GL pode ser uma forma potencial de intervenção para minimizar os problemas de saúde no local de trabalho. Entretanto, outros estudos, em diferentes situações e diferentes locais de trabalho são necessários.


Palavras-chave


transtornos traumáticos cumulativos; doenças profissionais; saúde do trabalhador; riscos ocupacionais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v4i3.436

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons