EFEITOS DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO IDOSO COM ALTERAÇÃO DO COGNITIVO LEVE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

  • Sarah Brandão Pinheiro Universidade Católica de Brasília (UCB)
  • Mariana Lima Gomes Universidade Paulista (UNIP)

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v4i1.369

Palavras-chave:

Envelhecimento, Comprometimento Cognitivo Leve, Estimulação precoce

Resumo

Objetiva-se demonstrar, por meio de pesquisa bibliográfica, os benefícios das atividades lúdicas voltadas para a estimulação cognitiva em pacientes idosos com Alteração do Cognitivo Leve (ACL), uma alteração comum ao envelhecimento com comprometimento da capacidade de aprendizado e memória. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura, onde foram selecionados 18 artigos em português e espanhol, do ano de 2008 a 2013, nos bancos de dados SCIELO, BIREME, LILACS, Ministério da Saúde, IBGE e ainda suporte na literatura atual por meio de livros, monografias, dissertações e teses. Conclusão: A estimulação cognitiva realizada com atividades lúdicas traz benefícios aos pacientes com ACL, agindo como meio de retardo do surgimento de demências mais agravantes, além de estimular a capacidade de raciocínio e socialização do idoso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sarah Brandão Pinheiro, Universidade Católica de Brasília (UCB)

Departamento de Ciências da Saúde; Mestranda em Gerontologia pela Universidade Católica de Brasília (UCB) e Docente do curso de Fisioterapia da Universidade Paulista (UNIP), campus Brasília/DF, Brasil.

Mariana Lima Gomes, Universidade Paulista (UNIP)

Estudante de Graduação do curso de Fisioterapia da Universidade Paulista, campus Brasília/DF.

Downloads

Publicado

2014-06-06

Como Citar

Pinheiro, S. B., & Gomes, M. L. (2014). EFEITOS DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO IDOSO COM ALTERAÇÃO DO COGNITIVO LEVE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 4(1), 71–77. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v4i1.369

Edição

Seção

Revisões de Literatura

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)