EFEITOS DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO IDOSO COM ALTERAÇÃO DO COGNITIVO LEVE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Sarah Brandão Pinheiro, Mariana Lima Gomes

Resumo


Objetiva-se demonstrar, por meio de pesquisa bibliográfica, os benefícios das atividades lúdicas voltadas para a estimulação cognitiva em pacientes idosos com Alteração do Cognitivo Leve (ACL), uma alteração comum ao envelhecimento com comprometimento da capacidade de aprendizado e memória. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura, onde foram selecionados 18 artigos em português e espanhol, do ano de 2008 a 2013, nos bancos de dados SCIELO, BIREME, LILACS, Ministério da Saúde, IBGE e ainda suporte na literatura atual por meio de livros, monografias, dissertações e teses. Conclusão: A estimulação cognitiva realizada com atividades lúdicas traz benefícios aos pacientes com ACL, agindo como meio de retardo do surgimento de demências mais agravantes, além de estimular a capacidade de raciocínio e socialização do idoso.


Palavras-chave


Envelhecimento; Comprometimento Cognitivo Leve; Estimulação precoce

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v4i1.369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons