EVOLUÇÃO TEMPORAL DA TROMBOSE VENOSA PROFUNDA NO ESTADO DA BAHIA

Rebeca Mendes Prado, Ana Paula Cardoso Mendes

Resumo


Objetivo: avaliar a evolução temporal de internamentos, média de permanência hospitalar, taxa de mortalidade, óbito e valores gastos a partir das bases de dados do DATASUS para o Estado da Bahia. Métodos: Estudo ecológico descritivo de séries temporais para o período de janeiro de 2008 a junho de 2011 no Estado da Bahia em Macrorregiões de Saúde. Os dados foram secundários e selecionados com base nos procedimentos hospitalares, obtidos para a população total a partir do banco de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, presentes no DATASUS. Resultados: A evolução temporal do número de internações, a média de dias de internamento, sofreu aumento, assim como a taxa de mortalidade, o valor de internações totais pagas e o número de óbitos em todo o estado da Bahia. Com relação à variação de sexo e raça/cor não houve variação digna de nota, mas para idade observou se evidente em 75 e mais anos. Conclusões: Os resultados sugerem crescimento linear no número de internações decorrentes da TVP no estado da Bahia. Considera-se fundamental fortalecer as ações de vigilância à saúde com ações destinada à prevenção da TVP no âmbito hospitalar.


Palavras-chave


TVP; Tratamento; Fatores de risco.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v5i1.361

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons