Respostas cardiopulmonares durante o exercício de agachamento dinâmico com e sem vibração de corpo inteiro em adolescentes

Autores

  • Bruno Alvarenga Soares Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0002-1709-3747
  • Ana Cristina Rodrigues Lacerda 1Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0001-5366-3754
  • Luiza Fernandes Nonato Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0002-1077-0530
  • Fabiane Gontijo Corrêa Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0002-3695-6018
  • Vanessa Kelly da Silva Lage Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0002-0381-5622
  • Ana Cristina Resende Camargos Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO), Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0003-2719-4231
  • Vanessa Amaral Mendonça Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0002-1696-6091
  • Hércules Ribeiro Leite Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Campus JK, Alto da Jacuba, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. http://orcid.org/0000-0001-8977-8131

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i1.3445

Palavras-chave:

Adolescentes. Agachamento. Vibração de corpo inteiro.

Resumo

INTRODUÇÃO: A vibração de corpo inteiro (VCI) tem sido amplamente utilizada como recurso terapêutico na reabilitação pediátrica. Porém, as respostas cardiopulmonares ainda são desconhecidas nesta população. OBJETIVOS: Investigar a intensidade do exercício de agachamento dinâmico com e sem VCI em adolescentes saudáveis a fim de caracterizar as respostas cardiorrespiratórias. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo quase experimental. Vinte e cinco adolescentes (14,1 ± 1,7 anos), 10 meninas e 15 meninos, foram submetidos a avaliações do consumo de oxigênio (VO2) e frequência cardíaca (FC) durante um protocolo de agachamento com e sem vibração. Os critérios de inclusão foram idade entre 12 e 18 anos, ambos os sexos, IMC normal. Os critérios de exclusão foram apresentar doenças neurológicas, ortopédicas, respiratórias, cardíacas e endócrinas crônicas ou agudas ou alguma contra-indicação autorreferida para VCI (trombose venosa profunda, implantes metálicos, marca-passo, epilepsia, tumores, aneurisma ou arritmia). RESULTADOS: A VCI aumentou significativamente o VO2, FC e a percepção do esforço durante o agachamento quando comparado ao repouso e agachamento sem-VCI. VCI associada ao agachamento atingiu 24,7% do VO2máx e 56% da FCmáx prevista para a idade. Os indivíduos durante a VCI relataram esforço entre ligeiramente cansativo e cansativo em comparação com entre muito fácil e fácil no protocolo Sem-VCI. CONCLUSÃO: O agachamento associado à VCI foi considerado de intensidade leve e foi tolerado por adolescentes saudáveis. Este estudo forneceu resultados válidos desta modalidade de exercício e pode ser utilizado como uma ferramenta para definir o consumo de energia gasto durante a prática deste tipo treinamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-02-10

Como Citar

Soares, B. A., Lacerda, A. C. R., Nonato, L. F., Corrêa, F. G., Lage, V. K. da S., Camargos, A. C. R., Mendonça, V. A., & Leite, H. R. (2021). Respostas cardiopulmonares durante o exercício de agachamento dinâmico com e sem vibração de corpo inteiro em adolescentes. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 11(1), 190–197. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i1.3445

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)