Capacidade funcional e fragilidade de idosos com sequela de tuberculose pulmonar

Autores

  • Bruna D’ Paula Souza da Costa Universidade Federal do Pará
  • Luzielma Macêdo Glória Universidade Federal do Pará
  • Cleonardo Augusto da Silva Universidade Federal do Pará
  • Denise da Silva Pinto Universidade Federal do Pará
  • Edilene do Socorro Nascimento Falcão Sarges Universidade Federal do Pará
  • Rodolfo Gomes do Nascimento Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i1.3404

Palavras-chave:

Tuberculose pulmonar. Saúde do idoso. Idoso fragilizado. Atividades cotidianas.

Resumo

INTRODUÇÃO: A tuberculose (TB) é uma doença de caráter infectocontagiosa, de evolução crônica, causada pela Mycobacterium tuberculosis, Uma vez considerada como doença crônica entre idosos por poder gerar sequelas e resultar em comprometimento da capacidade pulmonar, e desta forma contribuir para um quadro clínico de pior prognóstico é essencial estudar a relação da TB com a síndrome da fragilidade e a capacidade funcional em idosos. OBJETIVO: Analisar a capacidade funcional de idosos com seqüela de TB Pulmonar e investigar a ocorrência de fragilidade nesta população. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal com método quantitativo-correlacional, realizado no período de agosto a novembro de 2017, no ambulatório de fisioterapia do Hospital Universitário João de Barros Barreto, Belém/PA. Avaliou-se a fragilidade pelo instrumento Tilburg Frailty Indicator (TFI) e a capacidade funcional pelo “Teste de AVD-Glittre” (TGlittre). Utilizou-se a “correlação de Spearman” entre TFI e TGlittre. Adotou-se p-valor?0,05. RESULTADOS: Avaliaram-se 24 idosos com diagnóstico clínico de TB Pulmonar, apresentando alterações e/ou sequelas pulmonares. A média de idade foi de 68,37 +6,01anos, 66,7% era do sexo feminino. A presença de fragilidade foi de 70,5% (IC95% 48,9-87,4), com predomínio feminino (82,4%). A média do tempo no TGlittre foi de 5,77+1,71 minutos. Houve correlação moderada positiva entre TFI e TGlittre (p=0.42, p= 0.03). CONCLUSÃO: Este estudo identificou a fragilidade e comprometimento funcional em idosos com sequela de TB pulmonar, com prevalência alta de fragilidade se comparada aos outros estudos brasileiros com a população idosa, além de apresenta correlação moderada positiva entre a capacidade funcional e fragilidade, mostrando que essa população merece atenção especial nos programas de reabilitação para a manutenção ou recuperação funcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna D’ Paula Souza da Costa, Universidade Federal do Pará

E-mail: brunadpaulasc@gmail.com

      Instituição: Universidade Federal do Pará

      Unidade: Hospital Universitário João de Barros Barreto                                                       Departamento: Fisioterapia

      Titulação: Especialização em saúde do idoso pela Universidade Federal do Pará

Luzielma Macêdo Glória, Universidade Federal do Pará

      E-mail: Luzielma96@hotmail.com

      Instituição: Universidade Federal do Pará

      Unidade: Hospital Universitário João de Barros Barreto                                                        Departamento: Fisioterapia

      Titulação: Especialização em saúde do idoso pela Universidade Federal do Pará, mestre em saúde da Amazônia.

Cleonardo Augusto da Silva, Universidade Federal do Pará

E-mail: cleonardoaugusto@uol.com.br

      Instituição: Universidade Federal do Pará

      Unidade: Hospital Universitário João de Barros Barreto                                                        Departamento: Faculdade de medicina da universidade federal do Pará

      Titulação: Mestre em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal do Pará

Denise da Silva Pinto, Universidade Federal do Pará

      E-mail: denisefisio23@yahoo.com.br

      Instituição: Universidade Federal do Pará

      Unidade: Faculdade de Fisioterapia da Universidade Federal do Pará

Departamento: Fisioterapia

      Titulação: Doutora em Doenças Tropicais pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará

Edilene do Socorro Nascimento Falcão Sarges, Universidade Federal do Pará

E-mail:  edilene_falcao@hotmail.com

 Instituição: Universidade Federal do Pará

      Unidade: Hospital Universitário João de Barros Barreto      

Departamento: Fisioterapia                                                

      Titulação: Mestre em Doenças Tropicais pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará

Rodolfo Gomes do Nascimento, Universidade Federal do Pará

      E-mail:  rodgn@hotmail.com

 Instituição: Universidade Federal do Pará

      Unidade: Faculdade de Fisioterapia da Universidade Federal do Pará

Departamento: Fisioterapia                                                

      Titulação: Doutor em Doenças Tropicais pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará

Publicado

2021-02-09

Como Citar

Costa, B. D. P. S. da, Glória, L. M., Silva, C. A. da, Pinto, D. da S., Sarges, E. do S. N. F., & Nascimento, R. G. do. (2021). Capacidade funcional e fragilidade de idosos com sequela de tuberculose pulmonar. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 11(1), 145–154. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i1.3404

Edição

Seção

Artigos Originais