Prevalência e fatores associados de dor lombar em uma comunidade urbana da Nigéria

Autores

  • Gbolade Isaac Ogunsanya Department of Physiotherapy, Obafemi Awolowo University Teaching Hospitals Complex, Osun State, Nigeria http://orcid.org/0000-0002-4518-1795

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i4.3206

Palavras-chave:

Dor lombar. Comunidade. Prevalência pontual. Prevalência anual. Prevalência ao longo da vida.

Resumo

INTRODUÇÃO: A Dor Lombar (DL) constitui um problema de saúde pública, já que se espera que quase todo indivíduo experimente lombalgia pelo menos uma vez durante a vida. OBJETIVO: Este estudo é feito para determinar a prevalência de LBP e fatores associados em uma comunidade urbana da Nigéria. MÉTODOS E MATERIAIS: Esta pesquisa domiciliar transversal selecionou aleatoriamente 741 indivíduos usando uma técnica de amostragem de quatro estágios. Os dados foram obtidos por meio de questionário semiestruturado autoaplicável. A associação entre variáveis categóricas e lombalgia foi analisada por meio do teste Qui-quadrado e modelo de regressão logística múltipla (? = 0.05). RESULTADOS: A média de idade dos participantes foi 41,32 ± 15,24 anos. A prevalência pontual, anual e ao longo da vida de lombalgia foram 31,2%, 61,1% e 70,6%, respectivamente. Idade igual ou superior a 40 anos (p = 0,006), ser artesão (p = 0,005) ou comerciante (p = 0,007) em comparação a ser trabalhador de escritório (p = 0,071) e ficar sentado continuamente por mais de 3 – 4 horas (p < 0,001) são fatores significativamente associados à DL. Outros são a duração do transporte de / para o trabalho maior ou igual a 30 minutos (p <0,001), uso de computador (p <0,001), história de trauma (p = 0,045), nunca compareceu a uma palestra de saúde sobre cuidados nas costas (p <0,001), tabagismo (p = 0,006) e prática ocasional (p = 0,002) ou nenhuma rotina de exercícios (p <0,001). CONCLUSÃO: DL é comum entre os indivíduos na área de estudo com uma prevalência pontual, anual e ao longo da vida de 31.2%, 61.1% e 70.6%, respectivamente. As intervenções na prevenção da DL devem ter como objetivo a correção de fatores associados modificáveis identificados, como postura inadequada, inatividade física e falta de informações sobre lombalgia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gbolade Isaac Ogunsanya, Department of Physiotherapy, Obafemi Awolowo University Teaching Hospitals Complex, Osun State, Nigeria

Principal Physiotherapist

Publicado

2020-11-27

Como Citar

Ogunsanya, G. I. (2020). Prevalência e fatores associados de dor lombar em uma comunidade urbana da Nigéria. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 10(4), 599–609. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i4.3206

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)