Perfil de pacientes vítimas de fraturas internados em um hospital universitário: estudo transversal

Ana Letícia Santos do Nascimento, Jefferson Carlos Araujo Silva, Ana Carolina Sá Mendonça, Lívia Christina do Prado Lui, Érika Thalita Nunes Costa, Tamires Barradas Cavalcante

Resumo


OBJETIVO: Descrever o perfil clínico epidemiológico dose pacientes vítimas de fraturas internados em um hospital universitário do Maranhão. MÉTODOS: Trata-se de um E estudo descritivo transversal, retrospectivo e de abordagem quantitativa, realizado a partir da análise de prontuários destes pacientes no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA) no setor de traumato-ortopedia. RESULTADOS: Foram analisados 251 prontuários, em que no qual houve predomínio do sexo masculino (52,59%), cor parda (64,1%), residentes em São Luís (57%), solteiros (51%), baixa escolaridade, apresentando maior índice de ensino fundamental incompleto (35,3%) e a média de idade foi de 45,4 anos. O tipo de trauma que mais causou fraturas foram as quedas, com 127 vítimas (50,6%), seguido dos acidentes de trânsito com (27,8%) de acidentes motociclísticos, (3,98%) de acidentes automobilísticos, (3,98%) de atropelamentos. Quanto às regiões corpóreas mais acometidas, observou-se com maior frequência as lesões nos membros inferiores (MMII), sendo 33,47% fraturas de fêmur, 23,11% de tíbia e 11,95% de tornozelo. O tipo de cirurgia mais realizado foi a osteossíntese, para a estabilização do seguimento, com 82,87% de prevalência. Desses pacientes 98,8% obtiveram alta hospitalar após procedimento cirúrgico com mediana de 3 dias de internação e 1,2% evoluíram para óbito. CONCLUSÃO: Houve maior prevalência de fraturas entre os indivíduos do sexo masculino, solteiros, compreendidos na faixa etária de 13 a 38 anos, o mecanismo de trauma com maiores números de casos foram quedas e acidentes de trânsito, com maior acometimento dose membros inferiores.

Palavras-chave


Perfil. Fraturas ósseas. Ortopedia. Acidentes.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i3.3013

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Ana Letícia Santos do Nascimento, Jefferson Carlos Araujo Silva, Ana Carolina Sá Mendonça, Lívia Christina do Prado Lui, Érika Thalita Nunes Costa, Tamires Barradas Cavalcante

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons