Os efeitos do Functional Fascial Taping (FFT) associado a fisioterapia convencional na funcionalidade do joelho: um estudo quase-experimental

Soraia Suellen Silva dos Santos, Ana Paula Monteiro de Araújo, Maria Clara Raiol da Silva, Renata Amanajás de Melo, Lucieny da Silva Pontes, Ana Julia Cunha Brito, Biatriz Araújo Cardoso Dias, George Alberto da Silva Dias

Resumo


INTRODUÇÃO: O Functional Fascial Taping (FFT) é uma técnica de aplicação de bandagem rígida objetivando estimular o alinhamento estrutural das fibras de colágeno da fáscia muscular, desobstruindo a passagem dos fluidos assegurando assim sua função. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do FFT associado a Fisioterapia convencional nas disfunções crônicas no joelho baseado nas variáveis intensidade da dor, amplitude de movimento, força e flexibilidade muscular. METODOLOGIA: Tratou-se de um estudo quase-experimental realizado com 10 pacientes de ambos os gêneros e sintomatologia de dor e limitação funcional, estando em tratamento fisioterapêutico. Todos os pacientes foram submetidos a avaliação cinético-funcional, incluindo dados de dor, amplitude de movimento, força e flexibilidade muscular. A aplicação do FFT foi padronizada, onde primeiro identificou-se os vetores, seguido da aplicação do tape hipoalergênico. Depois aplicou-se três tiras de bandagem rígida, então, recobriu-se com o tape hipoalergênico novamente. A aplicação da bandagem ocorreu três vezes por semana, totalizando 10 sessões. RESULTADOS: Houve redução nos níveis de dor de mediana 10,0 cm para 2,0 cm ao final das 10 sessões (Z=2,6; p=0,007). Aumentou a força muscular para extensão do joelho com mediana inicial de 4,0 para final de 4,0 (Z=2,0; p=0,04). A amplitude de movimento para flexão (Mediana: de 102,5° para 110,0°, Z=2,3, p=0,01) e flexibilidade muscular (Mediana: de 5,0 cm para 0,0 cm, Z=2,0, p=0,04) também melhorou significavamente. CONCLUSÃO: O FFT pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento de desordens no joelho, tanto ortopédicas quanto reumáticas, auxiliando a manutenção de uma mecânica funcional equilibrada, o que favorece a redução no quadro álgico, aumento no arco de movimento e melhora na força e flexibilidade muscular.


Palavras-chave


Fáscia. Joelho. Amplitude de Movimento Articular. Fisioterapia.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i3.3002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Soraia Suellen Silva dos Santos, Ana Paula Monteiro de Araújo, Maria Clara Raiol da Silva, Renata Amanajás de Melo, Lucieny da Silva Pontes, Ana Julia Cunha Brito, Biatriz Araújo Cardoso Dias, George Alberto da Silva Dias

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons