O acesso de indivíduos após-acidente vascular encefálico aos serviços de fisioterapia: revisão integrativa da literatura

Autores

  • Itália Castro Sampaio Faculdade de Ciências e Empreendedorismo
  • Tácia Machado Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i3.2935

Palavras-chave:

Acidente vascular cerebral. Acesso à reabilitação. Fisioterapia. Acessibilidade aos serviços de saúde. Reabilitação.

Resumo

INTRODUÇÃO: O acidente vascular encefálico (AVE) pode causar dependência nas atividades de vida diária dos indivíduos e, para minimizar esses danos, é fundamental que o acesso aos serviços de reabilitação seja imediato e ininterrupto. OBJETIVO: Investigar o acesso à reabilitação fisioterapêutica de indivíduos após o AVE. MATERIAIS E MÉTODOS: Este estudo trata-se de uma revisão integrativa da literatura, na qual foi realizada uma busca on-line nas bases de dados Scielo, Pubmed, Lilacs, PEDro, Cochrane e Scopus De forma complementar, foram realizadas buscas secundárias nas listas de referências dos estudos analisados. A pesquisa restringiu artigos publicados entre os anos de 2009 a 2019, escritos nos idiomas português, inglês e espanhol, com descritores específicos. No total foram identificados 129 artigos, dos quais 7 foram selecionados para análise nesta revisão após aplicar os critérios de inclusão e exclusão. RESULTADOS: Com base no que foi revelado pela pesquisa, mais da metade dos indivíduos entrevistados não foram encaminhados aos serviços de fisioterapia, sendo que as principais barreiras relatadas foram a dificuldade de acesso físico-financeiro aos serviços e de dar continuidade ao tratamento. Outro dado de destaque é o pequeno percentual de usuários com problemas neurológicos identificados na rede de fisioterapia ambulatorial. CONCLUSÃO: De maneira geral, o acesso a reabilitação fisioterapêutica foi classificado como insuficiente na maioria dos estudos analisados.  É nessa perspectiva que se percebe a importância da reorganização dos serviços de saúde, ressaltando a necessidade da inserção do profissional Fisioterapeuta nas Equipes de Saúde da Família.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Itália Castro Sampaio, Faculdade de Ciências e Empreendedorismo

Fisioterapeuta, pós graduanda em Docência do Ensino Superior. Ciências da reabilitação; Saúde Coletiva.

https://orcid.org/0000-0003-1131-637X

 

Tácia Machado, Universidade Federal da Bahia

Publicado

2020-08-17

Como Citar

Sampaio, I. C., & Machado, T. (2020). O acesso de indivíduos após-acidente vascular encefálico aos serviços de fisioterapia: revisão integrativa da literatura. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 10(3), 566–576. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i3.2935

Edição

Seção

Revisões de Literatura