Efeitos da reabilitação pulmonar associada ao treino de equilíbrio em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica: revisão sistemática com metanálise

Autores

  • Adriana Paula Feitoza Pinto Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil
  • Clarissa Rebeca Leite de Oliveira Nunes Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil
  • Helen Barros de Oliveira Alencar Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil
  • Janaina Tavares Barreto Colasso Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil
  • Guilherme Silva Universidade de Fortaleza - UNIFOR - Ceará/Brasil. http://orcid.org/0000-0002-1964-0273

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i2.2877

Palavras-chave:

Doença pulmonar obstrutiva crônica. Equilíbrio postural. Risco de quedas. Reabilitação.

Resumo

INTRODUÇÃO: O equilíbrio é um desfecho que vem sendo bastante estudado nos últimos anos em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), porém ainda não se sabe ao certo os efeitos da reabilitação pulmonar (RP) associada a um treino de equilíbrio (TE). OBJETIVO: Avaliar os efeitos da reabilitação pulmonar (RP) associada ao treino de equilíbrio em pacientes com DPOC por meio de uma revisão sistemática com metanálise. MÉTODOS: Foi realizado um levantamento de artigos publicados em revistas indexadas entre os anos de 2013 e 2019 nas bases de dados: PUBMED, LILACS, SciELO e PEDro. As buscas foram conduzidas entre março e abril de 2020 e os descritores combinados foram: “pulmonary rehabilitation” OR “rehabilitation” AND “balance” OR “falls” OR “risk of falls” e suas respectivas traduções para o espanhol e português. RESULTADOS: Um total de 2052 estudos foram identificados, porém somente 4 cumpriram os critérios de elegibilidade. A pontuação da qualidade metodológica na escala PEDro variou entre 5 e 7 foi escores, o que demonstra um bom desenho metodológico. Dos 3 estudos selecionados, 2 realizaram treinamento de equilíbrio convencional (em solo envolvendo equilíbrio funcional, marcha e postura) e 1 utilizou equipamento específico (plataforma vibratória). O protocolo de intervenção teve duração entre 6 e 24 semanas, tempo médio diário entre 30 e 60 minutos e frequência semanal de 2 a 3 vezes. CONCLUSÃO: Os achados desta revisão sistemática com metanálise sugerem que a RP associada ao TE parece promover efeitos benéficos no equilíbrio funcional de pacientes com DPOC estáveis quando comparado a RP ambulatorial usual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Paula Feitoza Pinto, Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil

ORCID 0000-0001-6262-8184

Clarissa Rebeca Leite de Oliveira Nunes, Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil

ORCID 0000-0001-6262-8184

Helen Barros de Oliveira Alencar, Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil

ORCID 0000-0002-2357-140x

Janaina Tavares Barreto Colasso, Curso de Fisioterapia, Centro Universitário Uniateneu, Fortaleza, Ceará, Brasil

ORCID 0000-0003-4036-7707

Guilherme Silva, Universidade de Fortaleza - UNIFOR - Ceará/Brasil.

Doutor em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Ceará (2017), Mestre em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Ceará (2013), Título de Especialista profissional em Fisioterapia Respiratória pela ASSOBRAFIR/COFFITO (2014), Pós-Graduado em Fisioterapia Respiratória e Cardiovascular pela Universidade de Fortaleza (2011), Graduado em Fisioterapia pela Universidade de Fortaleza (2009). Atualmente é Professor do curso de Fisioterapia da Universidade de Fortaleza e servidor público do Instituto Dr. José Frota (IJF) da Prefeitura Municipal de Fortaleza e da Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Horizonte. Desenvolve atividades de pesquisa coordenando o Grupo de Pesquisa e Estudos em Reabilitação Cardiopulmonar (GRUPERCAP) e possui bolsistas de iniciação científica com fomento do CNPq, FUNCAP e Fundação Edson Queiroz. Faz parte do corpo editorial científico da Revista Brasileira em Promoção da Saúde (RBPS) e é revisor dos periódicos PLoS ONE, Respiratory Care, Clinical Rehabilitation, Respiration, Ciência e Saúde Coletiva, Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Revista Brasileira em Promoção da Saúde, Revista Pesquisa em Fisioterapia, Fisioterapia Brasil, Assobrafir e Ciência, Fisioterapia e Saúde Funcional. Tem experiência na área de Reabilitação Cardiopulmonar, Fisioterapia Respiratória e Cardiovascular, Fisioterapia em UTI, Fisioterapia hospitalar, Pesquisa clínica, Qualidade de Vida, Doenças respiratórias e cardiovasculares crônicas. (Texto informado pelo autor)


Publicado

2020-05-25

Como Citar

Pinto, A. P. F., Nunes, C. R. L. de O., Alencar, H. B. de O., Colasso, J. T. B., & Silva, G. (2020). Efeitos da reabilitação pulmonar associada ao treino de equilíbrio em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica: revisão sistemática com metanálise. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 10(2), 301–308. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i2.2877

Edição

Seção

Revisões de Literatura