Fisioterapia nas coletividades humanas: uma revisão sistemática

Autores

  • Thais Fernanda Leitão Casellato Fisioterapeuta. Mestre em Saúde Coletiva pela FCM/UNICAMP. Docente do Curso de Fisioterapia da UniMogi.
  • Luciana Cristino Diogo
  • Sergioe Fernando Zavarize

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i2.2730

Palavras-chave:

Saúde Pública. Fisioterapia.

Resumo

INTRODUÇÃO: A fisioterapia realiza atividades curativas e preventivas, evitando complicações possíveis em saúde. OBJETIVOS: Sistematizar as evidências científicas sobre o conhecimento da área de fisioterapia em Saúde Coletiva. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizada uma revisão sistemática nas bases de informações: Medline, Scielo, Biblioteca Virtual de Saúde (BVS). Foi utilizada as palavras chaves: fisioterapia, saúde coletiva. RESULTADOS: Foram encontrados 127 artigos científicos nas bases de dados. Apenas, 6 estudos foram de revisão sistemática. Dentre esses, mostrou a importancia do fisioterapeuta nos níveis em Atenção a Saúde: primário, secundário e reabilitação. Haja vista que, o profissional atua em aspectos de prevenção em algias da coluna vertebral, atendimento para doentes acamados e orientação em saúde do escolar. Também, desenvolve atividades em grupos de gestantes, hipertensos e diabettes mellittus na Atenção Primária em Saúde. Há escassez de informação quanto a efetividade do fisioterapeuta nos serviços de saúde. CONCLUSÃO: Foi observado que, o fisioterapeuta é de fundamental importância na equipe multidisciplinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Fernanda Leitão Casellato, Fisioterapeuta. Mestre em Saúde Coletiva pela FCM/UNICAMP. Docente do Curso de Fisioterapia da UniMogi.

Fisioterapeuta. Mestre em Saúde Coletiva pela FCM/UNICAMP. Docente do Curso de Fisioterapia da UniMogi.

Publicado

2020-04-29

Como Citar

Casellato, T. F. L., Diogo, L. C., & Zavarize, S. F. (2020). Fisioterapia nas coletividades humanas: uma revisão sistemática. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 10(2), 317–323. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i2.2730

Edição

Seção

Revisões de Literatura