Os benefícios da laserterapia de baixa intensidade associados a exercícios domiciliares em idosos com osteoartrite de joelho

Thaysson Silva Abreu, Edilma Marinho Garcia Sanches, Guilherme Marcelino kuriki, Johnny Massahiro Oshiro, Fabio Chittero Boldrini Chittero Boldrini, Márcia Midori Morimoto

Resumo


INTRODUÇÃO: A Osteoartrite (OA) é uma doença musculoesquelética com predomínio na população idosa. O tratamento com Laserterapia tem sido um dos métodos seguros e não invasivos para o tratamento da OA. OBJETIVO: Observar a influência na dor, rigidez e função em idosos antes e depois da aplicação da laserterapia associados a exercícios domiciliares. MÉTODOS: Dez pacientes idosos com OA de joelho, submetidos a 12 sessões de Laserterapia, 3 vezes por semana e orientados a realizarem exercícios domiciliares durante o período do estudo. Foi utilizado o Laser de baixa potência Class 3B Chattanooga, com energia total de 36J (divididos em 6 pontos - 6J por ponto) conforme a dosagem da World Association of Laser Therapy (WALT). Para mensuração do quadro álgico foi utilizados a Escala Visual Analógica (EVA); Índice de Osteoartrite de Western Ontario (WOMAC) e Índice de Lequesne para dor, rigidez e funcionalidade. Os exercícios domiciliares foram explicados e demonstrados pelo avaliador e orientado a realizar 3 vezes por semana durante 12 sessões. RESULTADOS: Observamos que após aplicações de Laserterapia e exercícios domiciliares, não houve melhora na EVA, porém com melhora significativa nos quesitos WOMAC geral (p=0,01) e função (p=0,001) enquanto os demais não houve significância (p>0,5) quando avaliados por meio do t-test, já na comparação entre questionários houve correlação forte em WOMAC e LEQUESNE com a Correlação de Pearson. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que a Laserterapia associada a exercícios domiciliares não evidencia melhora significativa do quadro álgico através da EVA, podendo ser uma resposta subjetiva com dificuldade de compreensão pelos pacientes, porém foi observado melhora significativa na evolução funcional do paciente medidas pelos questionários WOMAC e LEQUESNE nos pacientes com OA de joelho.

Palavras-chave


Osteoartrite. Terapia com Luz de Baixa Intensidade. Artropatias. Dor. Atividade do dia a dia.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v10i1.2617

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Thaysson Silva Abreu, Edilma Marinho Garcia Sanches, Guilherme Marcelino kuriki, Johnny Massahiro Oshiro, Fabio Chittero Boldrini Chittero Boldrini, Márcia Midori Morimoto

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons