Eficácia do treinamento muscular inspiratório pré-operatório utilizando o Threshold IMT em pacientes submetidos à cirurgia esofágica: um ensaio clínico randomizado

Fernanda Maria Rodrigues da Cunha, Marisa de Carvalho Borges, Fabiana Alves Carvalho, Márcia Souza Volpe, Virmondes Rodrigues Júnior, Eduardo Crema

Resumo


INTRODUÇÃO:  O treinamento muscular inspiratório (TMI) no pré-operatório pode evitar complicações pulmonares no pós-operatório (CPPO) em pacientes submetidos a esofagectomia. OBJETIVO: Avaliar a eficácia do TMI que foi realizado no período pré-operatório e seus benefícios no período pós-operatório, através da avaliação da pressão inspiratória máxima (PImáx), da pressão expiratória máxima (PEmáx), da ventilação voluntária máxima (VVM) e do pico de fluxo expiratório (PFE) e os benefícios do mesmo no pós-operatório. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizado um ensaio clínico, randomizado, que foi realizado pela disciplina de Cirurgia do Aparelho Digestivo do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Foram incluídos 26 pacientes em: Grupo Controle (GC: n=12) e Grupo Intervenção (GI: n=14). O GI realizou TMI por no mínimo 2 semanas. As avaliações foram realizadas no pré e pós-operatório. RESULTADOS:  Houve aumento da PImáx (p=0,006), da PEmáx (p=0,005) e do VVM (0,042) no GI, após o TMI realizado no pré-operatório em relação ao GC. Na avaliação do PFE não foi observada aumento após o TMI no GI em relação ao GC (p=0,63). Na alta hospitalar houve queda das variáveis avaliadas em ambos os grupos e no 30°PO ocorreu recuperação em relação aos valores iniciais. Quanto a ocorrência de CPPO não houve diferença significativa entre os grupos. CONCLUSÃO: O TMI realizado em nosso estudo melhorou a força muscular inspiratória, expiratória e a função ventilatória no pré-operatório, porém não resultou em melhor evolução no pós-operatório de pacientes submetidos a esofagectomia.

Palavras-chave


Fisioterapia. Terapia respiratória. Esofagectomia.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i3.2462

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Fernanda Maria Rodrigues da Cunha, Marisa de Carvalho Borges, Fabiana Alves Carvalho, Márcia Souza Volpe, Virmondes Rodrigues Júnior, Eduardo Crema

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons