Modulação da variabilidade da frequência cardíaca em praticantes de CrossFit®

Autores

  • Francisco Tiago Oliveira de Oliveira BAHIANA - School of Medicine and Public Health (Salvador)
  • Ana Carolina Conceição Ramos
  • Celso Nascimento Almeida
  • Clarcson Plácido Conceição dos Santos
  • Igor Alonso Andrade de Oliveira
  • Mônica Diniz Rocha Mendel
  • Edson Carlos Leite Santos
  • Cristiane Maria Carvalho Costa Dias

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i3.2458

Palavras-chave:

Atividade Física. Frequência Cardíaca. Treinamento Intervalado de Alta Intensidade. Sistema Nervoso Autônomo.

Resumo

INTRODUÇÃO: O CrossFit® é um tipo de exercício físico que afeta a homeostase do corpo exigindo ajustes pela via autonômica. Devido sua intensidade de treino ocorre uma modificação no tônus vagal e adaptações fisiológicas cardiovasculares. OBJETIVO: Verificar a variabilidade da frequência cardíaca em praticantes de CrossFit®. MATERIAIS E MÉTODOS: Corte transversal em praticantes de CrossFit® no período de março a junho de 2017, com idade ?18 anos, tempo de prática ?3 meses e uma frequência ?2 vezes na semana. Excluídos: fumantes, gestantes, comorbidades auto referidas (Diabetes Mellitus, hipertensão, doenças cardiorrespiratórias e disfunção na tireoide), mulheres no período menstrual, menopausa, ou aqueles que tiveram dificuldade na compreensão do teste proposto. Para a mensuração da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) foi utilizado o cardiofrequencimetro da marca Polar® modelo V800 heart rate monitor, para a sua análise foi utilizado KUBIOS HRV versão 2.0. Aprovação do CEP-BAHIANA. RESULTADOS: Foram pesquisados 16 participantes, com idade média de 32,11 ± 6,44 anos, 10 (62, 5%) homens. O IMC encontrado foi de 26,39± 3,80 kg/m², classificando 9 (56,3%) indivíduos como sobrepeso e 6 (37,5%) com peso normal. Os valores obtidos da VFC no domínio do tempo:VLFms2:1544(859-3640); LFms2:827(550-2115); HFms2:661(335-1577);LF/HF:1,18(0,86-1,8). CONCLUSÃO:Na amostra estudada, observou-se que praticantes de CrossFit® possuem leve predomínio da atividade simpática, especialmente o sexo masculino e naqueles que praticam atividade física cinco ou mais vezes por semana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-08-05

Como Citar

de Oliveira, F. T. O., Ramos, A. C. C., Almeida, C. N., dos Santos, C. P. C., de Oliveira, I. A. A., Rocha Mendel, M. D., Santos, E. C. L., & Costa Dias, C. M. C. (2019). Modulação da variabilidade da frequência cardíaca em praticantes de CrossFit®. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 9(3), 353–360. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i3.2458

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)