Efeitos da carboxiterapia na cicatrização de feridas cutâneas

Brenno de Sousa Ferreira, Wanderson Fernandes Silva, Juarez de Souza, Adriana Caroprezo Morini

Resumo


INTRODUÇÃO: Novas terapêuticas para as lesões de difícil cicatrização têm-se tornado necessárias e estão sendo pesquisadas. Nesse contexto, a carboxiterapia tem se destacado pelos seus efeitos sobre a microcirculação tecidual. OBJETIVO: avaliar os efeitos da carboxiterapia, infusão no tecido subcutâneo de CO2 medicinal, na cicatrização de lesões cutâneas em ratos Wistars. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo experimental e quantitativo, com uma amostra de 10 animais, divididos em grupo controle e grupo carboxiterapia. Todos os animais sofreram uma lesão com punch metálico de 5mm de diâmetro na região dorsal e, o grupo com terapia, tratado por 10 dias consecutivos. A região foi fotografada em vários momentos da pesquisa e, em seguida, as imagens foram analisadas pelo software ImageJ. RESULTADOS: Na análise descritiva dos dados o GC apresentou redução progressiva da área de 0,205±0,025 para 0,155±0,017 no 3º dia, 0,109±0,034 no 7º dia e 0,028±0,092 após o 10º dia. O GCa apresentou aumento da área de 0,198±0,040 para 0,207±0,035 no 3º dia, com redução para 0,109±0,012 no 7º dia e 0,044±0,030 após o 10 dia, demonstrando ser menos eficiente na cicatrização de feridas cutâneas do que a ausência de tratamento. CONCLUSÃO: A carboxiterapia não mostrou resultado significativo para acelerar o processo de cicatrização de lesões cutâneas na fase aguda, sugerindo esse período como não ideal para sua utilização.


Palavras-chave


Cicatrização. Ferimentos e lesões. Pele.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i1.2203

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Brenno de Sousa Ferreira, Wanderson Fernandes Silva, Juarez de Souza, Adriana Caroprezo Morini

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons