As repercussões da incontinência urinária na qualidade de vida em gestantes: uma revisão sistemática

Autores

  • Lorena Cristine Soares Epaminondas CESUPA - Centro Universitário do Pará
  • Larissa Nascimento Negrão Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA)
  • Shamyle Aramys dos Santos Costa Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA)
  • Rafaela Cordeiro de Macêdo Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA)

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i1.2142

Palavras-chave:

Incontinência Urinária. Gestantes. Qualidade de vida.

Resumo

INTRODUÇÃO: As disfunções do assoalho pélvico (AP) durante a gestação por danos estruturais e funcionais podem provocar o desencadeamento de incontinência urinária (IU). Um grande incômodo para quem sofre desse problema devido à presença de sintomas miccionais, podendo interferir negativamente no bem-estar durante o período gestacional. OBJETIVO: Analisar as repercussões da incontinência urinária na qualidade de vida durante o período gestacional. MATERIAIS E MÉTODOS: O estudo compreende uma revisão sistemática, feito o levantamento da literatura através da biblioteca virtual em saúde (BVS), nas bases de dados LILACS, PubMed e SCIELO, onde a seleção dos artigos foi delimitada ao período de 2010 a 2018.Foram identificados 48 artigos sobre o tema, em português e inglês, e após a análise dos critérios de inclusão e exclusão, restaram sete artigos. RESULTADOS: Os estudos apontam que há um aumento gradativo da disfunção do assoalho pélvico com a evolução da gestação, prejudicando as atividades de vida diária e o bem-estar. Os artigos revisados mostram que o útero gravídico passa por alterações hormonais ao longo dos trimestres gestacionais, sendo mais acentuados com a maior idade. CONCLUSÃO: A incontinência urinária envolve diversos aspectos negativos relacionados à qualidade de vida das mulheres. Faz-se necessário a devida atenção do profissional da saúde sobre a prevenção, orientação e diagnóstico durante a gestação, trazendo benefícios na assistência da saúde da mulher.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-02-01

Como Citar

Epaminondas, L. C. S., Negrão, L. N., Costa, S. A. dos S., & de Macêdo, R. C. (2019). As repercussões da incontinência urinária na qualidade de vida em gestantes: uma revisão sistemática. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 9(1), 120–128. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i1.2142

Edição

Seção

Revisões de Literatura