Classe de circuito Treinamento em água versus terra em pacientes pós-acidente vascular cerebral: um protocolo para um estudo controlado randomizado

Autores

  • Irene Pegito
  • Johan Lambeck Universidade da Coruña (Coruña)
  • Manuel Torres-Parada
  • José García Vivas Miranda
  • Jamile Vivas Costa

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.2053

Palavras-chave:

Terapia Aquática. Treinamento de Classe de Circuito. Derrame.

Resumo

INTRODUÇÃO: Uma alta porcentagem de pacientes pós-AVC tem consequências permanentes, apesar da reabilitação convencional. O treinamento em circuito oferece uma maneira eficiente de realizar a prática estruturada de atividades relacionadas à tarefa durante a reabilitação do AVC. A terapia aquática é outra abordagem terapêutica que oferece uma grande variedade de opções para ser um ambiente altamente dinâmico, o que ajuda a melhorar a funcionalidade e recuperar a qualidade de vida e a independência das pessoas com deficiência. OBJETIVO: Desenvolver um protocolo para um estudo controlado randomizado. MÉTODOS: Quarenta participantes serão randomizados em dois grupos: treinamento em classe de circuito aquático (ACCT) e treinamento em circuito de terra (LCCT). Em ambos os grupos, a intervenção será uma terapia de classe de 7 semanas, 3 vezes por semana, dando um total de 20 sessões, 60 minutos cada. Os avaliadores cegos conduzirão avaliações, utilizando ferramentas padronizadas: linha de base, pós-intervenção e 20 dias de acompanhamento para a eficácia da terapia em termos de marcha, equilíbrio e função motora do membro superior. RESULTADOS / CONCLUSÃO: Este estudo examinará o efeito imediato e de médio prazo de um programa ACCT em comparação com um programa LCCT em pessoas com AVC. Tem o potencial de identificar intervenções que possam melhorar a reabilitação desses pacientes. Ambos os programas do CCT são baseados no modelo da Classificação Internacional de Função, Incapacidade e Saúde, com atividades voltadas para os níveis de deficiência, atividade e participação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Johan Lambeck, Universidade da Coruña (Coruña)

Lattes.cnpq.br/0691146090480998 ORCID - 0000-0002-5026-9986

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Pegito, I., Lambeck, J., Torres-Parada, M., Vivas Miranda, J. G., & Costa, J. V. (2018). Classe de circuito Treinamento em água versus terra em pacientes pós-acidente vascular cerebral: um protocolo para um estudo controlado randomizado. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 8(3), 377–386. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.2053

Edição

Seção

Métodos & Protocolos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)