Influência das variáveis antropométricas sobre a força muscular do assoalho pélvico na Incontinência Urinária

Kamila Mohammad Kamal Mansour, Cássia da Luz Goulart, Lucas Sidnei dos Santos, Luana Carvalho, Claudia Maria Schuh, Ana Cristina Sudbrack

Resumo


INTRODUÇÃO: A Incontinência Urinária (IU) é definida como qualquer perda involuntária de urina. O aumento do peso e as medidas de circunferências elevadas são fatores de risco para o desenvolvimento destes sintomas. OBJETIVO: Avaliar a influência das variáveis antropométricas (VAs) na força muscular do assoalho pélvico de mulheres com IU. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal com amostragem de conveniência. Iniciada  a avaliação com a anamnese, após aferição das VAs seguiu-se para avaliação funcional do assoalho pélvico (AFA). Aplicada correlação de Spearman, e para avaliar a influência das VAs na AFA realizou-se regressão linear múltipla. RESULTADOS: Avaliadas 12 voluntárias com IU, média de idade 56,9±13,2 anos e maior frequência 10 (83,3%) de incontinência urinária de esforço. Encontradas correlações moderadas e negativas entre VAs e a AFA [Índice de massa corporal (IMC) vs AFA (r= -0,582 p=0,020); Circunferência da Cintura (CC) vs AFA (r= -0,567 p=0,033); Circunferência do Quadril (CQ) vs AFA (r= -0,593 p=0,050); Circunferência Abdominal (CA) vs AFA (r= -0,657 p=0.001)]. Estes achados foram ratificados através da análise de regressão linear múltipla, onde há influência direta de 37% do IMC e CA na AFA das voluntárias com IU. CONCLUSÃO: Valores elevados das VAs estão relacionadas diretamente com um pior desempenho na AFA, em mulheres com incontinência urinária.


Palavras-chave


Incontinência urinária. Assoalho pélvico. Índice de Massa Corporal. Saúde da Mulher.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.1993

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Kamila Mohammad Kamal Mansour, Cássia da Luz Goulart, Lucas Sidnei dos Santos, Luana Carvalho, Claudia Maria Schuh, Ana Cristina Sudbrack

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons