Influência das variáveis antropométricas sobre a força muscular do assoalho pélvico na Incontinência Urinária

Autores

  • Kamila Mohammad Kamal Mansour Universidade de Santa Cruz do Sul http://orcid.org/0000-0001-6025-1870
  • Cássia da Luz Goulart Universidade Federal de São Carlos http://orcid.org/0000-0001-8731-689X
  • Lucas Sidnei dos Santos
  • Luana Carvalho
  • Claudia Maria Schuh Universidade de Santa Cruz do Sul
  • Ana Cristina Sudbrack Universidade de Santa Cruz do Sul

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.1993

Palavras-chave:

Incontinência urinária. Assoalho pélvico. Índice de Massa Corporal. Saúde da Mulher.

Resumo

INTRODUÇÃO: A Incontinência Urinária (IU) é definida como qualquer perda involuntária de urina. O aumento do peso e as medidas de circunferências elevadas são fatores de risco para o desenvolvimento destes sintomas. OBJETIVO: Avaliar a influência das variáveis antropométricas (VAs) na força muscular do assoalho pélvico de mulheres com IU. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal com amostragem de conveniência. Iniciada  a avaliação com a anamnese, após aferição das VAs seguiu-se para avaliação funcional do assoalho pélvico (AFA). Aplicada correlação de Spearman, e para avaliar a influência das VAs na AFA realizou-se regressão linear múltipla. RESULTADOS: Avaliadas 12 voluntárias com IU, média de idade 56,9±13,2 anos e maior frequência 10 (83,3%) de incontinência urinária de esforço. Encontradas correlações moderadas e negativas entre VAs e a AFA [Índice de massa corporal (IMC) vs AFA (r= -0,582 p=0,020); Circunferência da Cintura (CC) vs AFA (r= -0,567 p=0,033); Circunferência do Quadril (CQ) vs AFA (r= -0,593 p=0,050); Circunferência Abdominal (CA) vs AFA (r= -0,657 p=0.001)]. Estes achados foram ratificados através da análise de regressão linear múltipla, onde há influência direta de 37% do IMC e CA na AFA das voluntárias com IU. CONCLUSÃO: Valores elevados das VAs estão relacionadas diretamente com um pior desempenho na AFA, em mulheres com incontinência urinária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Mansour, K. M. K., Goulart, C. da L., dos Santos, L. S., Carvalho, L., Schuh, C. M., & Sudbrack, A. C. (2018). Influência das variáveis antropométricas sobre a força muscular do assoalho pélvico na Incontinência Urinária. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 8(3), 330–335. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.1993

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)