Condições de saúde e trabalho entre cuidadores de idosos frágeis

Luana Catiele Silva Vaz, Kionna Oliveira Bernardes Santos, Daniel Dominguez Ferraz

Resumo


INTRODUÇÃO: A presença de problemas físicos e de saúde contribuem para que os idosos se tornem dependentes do auxílio de cuidadores para a realização das atividades básicas e instrumentais da vida diária. OBJETIVO: Avaliar as condições de saúde e de trabalho de cuidadores de idosos frágeis usuários do Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (CREASI). MÉTODOS: Estudo observacional de corte transversal realizado no CREASI.  Participaram do estudo 41 cuidadores. Foram coletadas informações sobre os aspectos sociodemográficos, atividade de cuidador, saúde do cuidador, sobrecarga doméstica e foi avaliada a frequência de dores musculoesqueléticas através do questionário Nórdico dos Sintomas Musculoesqueléticos (NMQ). RESULTADOS: A maioria dos participantes eram mulheres, filhas/os, informais, com idade 48,8 (±14,5) anos, 44% dos participantes possuíam ensino médio completo, 95,1% estavam satisfeitos com a atividade de cuidar do idoso e 87,8% não possuíam curso de capacitação. A alta sobrecarga doméstica foi observada em 51,2% dos cuidadores e 50% possuíam doenças crônicas degenerativas. De acordo com o NMQ, 46,34% relataram dor lombar e 26,83% dor na coluna dorsal. CONCLUSÃO: Foi possível observar um excesso de atividades realizadas pelo cuidador que quando acumuladas causam sobrecargas físicas e sintomas dolorosos pelo corpo, o que pode comprometer a atividade do cuidado e a saúde do cuidador. Assim, a formação em cuidador de idoso pode ser uma alternativa para evitar riscos a sua saúde como a do idoso cuidado.

Palavras-chave


Cuidadores. Idoso. Idoso fragilizado. Dor musculoesquelética.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.1987

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Luana Catiele Silva Vaz, Kionna Oliveira Bernardes Santos, Daniel Dominguez Ferraz

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons