Método McKenzie na Fisioterapia (Diagnóstico e Terapia Mecânica): Aplicação de Raciocínio Clínico Lógico e Revisão Sistemática

Autores

  • Dérrick Patrick Artioli Centro Universitário Lusíada
  • Gladson Ricardo Flor Bertolini Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.1965

Palavras-chave:

Lombalgia. Fisioterapia. Condutas terapêuticas. Método McKenzie.

Resumo

INTRODUÇÃO: O método McKenzie utilizado em distúrbios da coluna vertebral, baseia-se na possibilidade de redução ou abolição da dor a partir do uso de movimentos, com preferência de direcionamento, reeducação e autocorreção de padrões posturais, mobilizações e manipulações articulares, com ajustes de mobiliário quando necessário. OBJETIVO: Apresentar os fundamentos gerais do método, bem como resultados de ensaios clínicos randomizados publicados na última década. MÉTODOS: Estudo de aplicação de raciocínio clínico lógico baseado em uma revisão sistemática da literatura. RESULTADOS: É necessária avaliação inicial para analisar características da dor e classificar pacientes como tendo: Síndrome Postural, Síndrome da Disfunção ou Síndrome do Desarranjo. Ao identificar o movimento que minimiza a dor, o mesmo é selecionado para principiar o tratamento. Indicam-se duas séries de 10 – 15 repetições, sustentadas por 1 – 2 segundos, com o paciente sempre tentando alcançar a máxima amplitude de movimento. Apesar da opção primária por um determinado movimento, à medida que o paciente evolui, todos os movimentos deverão ser adicionados ao tratamento, a fim de proporcionar maior elasticidade tecidual. Para complementar, o método propõe mobilizações e manipulações articulares. CONCLUSÃO: Deve-se ressaltar que essa é mais uma estratégia que pode ser utilizada, mas que não consiste no “padrão ouro” de tratamento para disfunções lombares. Importantes indícios apontam que, isolada ou associada a outras técnicas, o método McKenzie possui efeitos positivos no tratamento da dor lombar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dérrick Patrick Artioli, Centro Universitário Lusíada

Mestre em Clínica Médica pelo Centro Universitário Lusíada-UNILUS; Pós-graduado em Fisioterapia Musculoesquelética pela Santa Casa de SP; Docente do Centro Universitário Lusíada-UNILUS; Fisioterapeuta do Centro Municipal de Reabilitação de Itanhaém, SP

 

 

Gladson Ricardo Flor Bertolini, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

Laboratório de Estudo das Lesões e Recursos Fisioterapêuticos da Unioeste.

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Artioli, D. P., & Bertolini, G. R. F. (2018). Método McKenzie na Fisioterapia (Diagnóstico e Terapia Mecânica): Aplicação de Raciocínio Clínico Lógico e Revisão Sistemática. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 8(3), 368–376. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i3.1965

Edição

Seção

Métodos & Protocolos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)