INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DOS DORT EM AUXILIARES DE LIMPEZA

Autores

  • Lucas Lima Ferreira Universidade Estadual Paulista
  • Fernanda Mardegan Delatim Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)
  • Forlan Luciano Vilela Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)
  • Andreia Dias Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v3i1.186

Palavras-chave:

Doenças ocupacionais, Fisioterapia, Prevenção

Resumo

Objetivo:Descrever uma intervenção fisioterapêutica com foco na prevenção dos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT) sobre auxiliares de limpeza. Metodologia: Tratou-se de um estudo exploratório e descritivo de cunho qualitativo, cuja amostra foi composta de quatro funcionárias de uma escola técnica estadual, localizada no interior do Estado de São Paulo. O protocolo de intervenção consistiu do trabalho de educação em saúde, aplicação de exercícios laborais compensatórios, orientações posturais e a descrição das opiniões das funcionárias sobre a atuação da fisioterapia preventiva no ambiente de trabalho.Resultados: Foi verificado um ganho de conhecimento e uma melhora na condição de saúde/trabalho e na qualidade de vida das funcionárias. Conclusão:A partir dos resultados obtidos, concluiu-se que a prevenção é o caminho mais correto na atuação com trabalhadores, pois acaba com um ciclo no qual, os mesmos ficam negligenciados no saber sobre os DORT e os torna agente ativo na transformação de seu ambiente de trabalho.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Lima Ferreira, Universidade Estadual Paulista

Mestrando em Fisioterapia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus Presidente Prudente. Especialista em Aprimoramento em Fisioterapia Hospitalar pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP).

Fernanda Mardegan Delatim, Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)

Docente do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF).

Forlan Luciano Vilela, Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)

Fisioterapeuta graduado pela Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)

Andreia Dias, Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)

Mestre em Saúde Coletiva pela UNESP, campus de Botucatu. Docente do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF)

Referências

Oliveira RMR. A abordagem das lesões por esforços repetitivos / distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho – LER/DORT no Centro em Saúde do Trabalhador do Espírito Santo – CRST/ES [dissertação]. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública; 2001.

Barbosa LGA. Fisioterapia preventiva nos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho – DORT: a fisioterapia do trabalho aplicada. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002.

Brasil. Ministério da Saúde. Instrução normativa INSS/DC, N.º 98 de 5 de dezembro de 2003.Atualização clínica das lesoes por esforços repetitivos (LER) / distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT).Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 2003.

Regis Filho GI, Michels G, Sell I. Lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho em cirurgiões dentistas. RevBrasEpidemiol. 2006;9(3):346-59.

Santos APA,Santos DQ, Santos GG, Venceslau GF, Zimmermann ID, Mascarenhas MC. Atuação fisioterapêutica preventiva nos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho. 2008. Disponível em: http://www.institutoagilita.com.br/imagens/Atuacao_Fisioterapeutica_Preventiva_nos_Disturbios_Osteomusculares_relacionados_ao_Trabalho.pdf.

Renner JS. Prevenção de distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho. Boletim da Saúde. 2005;19(1):73-80.

Salim CA.Doenças do trabalho: exclusão, segregação e relações do gênero. São Paulo em perspect. 2003;17(1):11-24.

Wash IAP, Corral S, Franco RN, Canetti EEF, Alem MER, Coury HJCG. Capacidade para o trabalho em indivíduos com lesões músculo-esqueléticas crônicas. Revsaúde pública. 2004;38(2):149-56.

Ribeiro KSQS. A atuação da fisioterapia na atenção primária à saúde – Reflexões a partir de uma experiência universitária. Fisioter.brasil. 2002;3(5):311-18.

Gazzinelli MF, Gazzinelli A, Reis DC, Penna CMM. Educação em Saúde: conhecimentos, representações sociais e experiências da doença. Cadsaúde pública. 2005;21(1):200-6.

Ramirez HZ, Accioly MF, Silva R, Mana VAM. Atuação da fisioterapia preventiva por meio da implantação da cinesioterapia laboral e da intervenção ergonômica, no setor de fechamento (costura) em indústria de colchões. RevInstCiênc Saúde. 2005;23(2):93-8.

Pereira ER, Freitas VRP. Cinesioprofilaxia: um fator de aumento da produtividade do cirurgião dentista. Rev Bras Ortop. 2002;59(6):366-97.

Nascimento NM, Moraes RAS. Fisioterapia nas empresas. 3ª ed. Rio de Janeiro: Taba Cultural; 2000.

Martins CO, Duarte MFS. Efeitos da ginástica laboral em servidores da reitoria da UFSC. Rev. bras. ciênciamov. 2000;8(4):07-13.

Kisner C, Colby LA. Exercícios terapêuticos: fundamentos e técnicas. 4ª ed. Barueri: Manole; 2005.

Deliberato PCP. Fisioterapia preventiva: fundamentos e aplicações. Barueri: Manole; 2002.

Carneiro JAO, Souza LM, Munaro HLR. Predominância de desvios posturais em estudantes de educação física da universidade estadual do sudoeste da Bahia. Rev. saúde com. 2005;1(2):118-23.

Braccialli LMP,Vilarta R. Aspectos a serem considerados na elaboração de programas de prevenção e orientação de problemas posturais. Rev.paul.educ. fís.2000;14(1):16-28.

Ferrari IG,Alberton IMDC, Paiano M, Radovanovic CAT. Avaliação da prevalência de dor músculo-esquelética nos trabalhadores do serviço de apoio de um hospital universitário. Arq. Apadec.2004;8(1):1-6.

Downloads

Publicado

2013-08-01

Como Citar

Ferreira, L. L., Delatim, F. M., Vilela, F. L., & Dias, A. (2013). INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DOS DORT EM AUXILIARES DE LIMPEZA. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 3(1). https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v3i1.186

Edição

Seção

Artigos Originais