QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS CARDIOPATAS PRÉ E PÓS-CIRURGIA CARDÍACA

Autores

  • Kelson Carvalhedo Sousa de Lima
  • Ana Mara Ferreira Lima
  • Michelle Vicente Torres
  • Christiane Lopes Xavier Mestre em Saúde da Família- Centro Universitário UNINOVAFAPI. Teresina, PI - Brasil. Docente de ensino superior para o curso de Fisioterapia da Faculdade Santo Agostinho-FSA. Teresina, PI-Brasil.
  • Giulliano Gardenghi
  • Ivanete Moraes

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i2.1289

Palavras-chave:

Idoso, Qualidade De Vida, Cirurgia Torácica, fisioterapia

Resumo

Introdução: O envelhecimento é um processo biológico intrínseco, progressivo, declinante e universal, no qual se podem reconhecer marcas físicas e biológicas inerentes, que não são produzidas por doenças. Objetivos: Este trabalho tem por objetivo analisar a qualidade de vida e capacidade funcional de idosos cardiopatas antes e após cirurgia cardíaca. Métodos: Trata-se de um estudo Piloto realizado no período de fevereiro de 2014 a março de 2015. A amostra foi tipo não probabilística composta por nove pacientes que possuíam idade entre 60 e 85 anos que foram avaliados através do WHOQOL-bref e do Índice de Barthel, por contato direto antes da cirurgia, e seis meses após este procedimento através de inquérito telefônico. Resultados: A comparação em média da qualidade de vida antes e após a cirurgia cardíaca demonstrou que houve melhora significativa nos domínios físico, social e qualidade de vida geral. Quanto à capacidade funcional, não houve diferença significativa entre o pré-cirúrgico e seis meses após, permanecendo os pacientes independentes ou com leve dependência. Conclusão: Portanto, houve um impacto positivo na qualidade de vida antes e após a cirurgia cardíaca nos domínios físico, social e qualidade de vida geral nos participantes em estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kelson Carvalhedo Sousa de Lima

 Pós graduando em Fisioterapia cardiorrespiratória e terapia intensiva  pelo Centro de Estudos Avançados e Formação Integrada – CEAFI – Goiânia – GO .Graduação em Fisioterapia- Faculdade Santo Agostinho - FSA. Teresina, PI - Brasil.

Ana Mara Ferreira Lima

Mestranda em Bioengenharia na Universidade Camilo Castelo Branco, Unicastelo.São Paulo- SP. Fisioterapeuta do Instituto Tecnológico de Avaliação do Coração-ITACOR. Teresina, PI-Brasil.

Michelle Vicente Torres

Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo – FSP/USP. São Paulo- SP. Docente de ensino superior para o curso de Fisioterapia da Faculdade Santo Agostinho-FSA. Teresina, PI-Brasil.

Giulliano Gardenghi

Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Coordenador científico do Centro de Estudos Avançados e Formação Integrada – CEAFI – Goiânia – GO. Coordenador científico do serviço de Fisioterapia do Hospital ENCORE – Aparecida de Goiânia – GO. Coordenador do Programa de Pós-graduação em Fisioterapia Hospitalar do Hospital e Maternidade São Cristóvão – São Paulo – SP.

Ivanete Moraes

Graduação em Fisioterapia- Faculdade Santo Agostinho - FSA. Teresina, PI - Brasil.

Downloads

Publicado

2017-05-29

Como Citar

Carvalhedo Sousa de Lima, K., Ferreira Lima, A. M., Vicente Torres, M., Lopes Xavier, C., Gardenghi, G., & Moraes, I. (2017). QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS CARDIOPATAS PRÉ E PÓS-CIRURGIA CARDÍACA. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 7(2), 171–178. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i2.1289

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)