ULTRASSOM TERAPÊUTICO NO TRATAMENTO DA LESÃO MUSCULAR: REVISÃO SISTEMÁTICA

Maria Cecília Ribeiro Bruning, Débora Pelegrini Silva, Maria das Graças Anguera, Gladson Ricardo Flor Bertolini

Resumo


Introdução: As complicações decorrentes de lesões musculares diminuem a capacidade funcional podendo prejudicar o retorno às atividades rotineiras. O uso do ultrassom como recurso no tratamento dessas lesões é frequente, porém, não há consenso científico na literatura em relação à efetividade desse recurso. Objetivo: analisar, por meio de revisão sistemática da literatura, os efeitos do ultrassom terapêutico em lesões musculares de animais e humanos. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática, conduzida conforme a metodologia PRISMA. Foram incluídos artigos científicos com experimentos controlados, tanto em animais quanto em humanos, com os descritores “Terapia por ultrassom” e “ultrassom” associados com “músculo” (também traduzidos na língua inglesa) pesquisados nas bases de dados PubMed, Bireme e Scielo entre os anos de 2006 a 2013. Resultados: O tratamento de lesões musculares com ultrassom mostrou ser uma técnica eficaz em animais, no entanto, em humanos não apresentou diferença que demonstrasse a sua efetividade. Conclusão: apesar dos resultados conflitantes entre estudos em animais e em humanos, observaram-se resultados pró-reparo nos primeiros e ausência naqueles com humanos, contudo, são necessários mais estudos na área.


Palavras-chave


Ultrassom; Terapia por ultrassom; Músculo esquelético

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i4.1140

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Maria Cecília Ribeiro Bruning, Débora Pelegrini Silva, Maria das Graças Anguera, Gladson Ricardo Flor Bertolini

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons