ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E O CUIDADO DE ENFERMAGEM NA TENTATIVA DE SUICÍDIO

Autores

  • Eliany Nazaré Oliveira Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA
  • Tamires Alexandre Felix Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Camila Bezerra de Lima Mendonça Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Paulo Sérgio Ferreira Lima Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Adeliane Souza Freire Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Roberta Magda Martins Moreira Universidade Estadual Vale do Acaraú

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v5i2.967

Palavras-chave:

Tentativa de Suicídio, Epidemiologia, Enfermagem.

Resumo

 

Objetivou-se traçar o perfil epidemiológico descritivo de pacientes atendidos numa unidade de emergência de um hospital de referência na zona norte do estado do Ceará/Brasil com o diagnóstico de tentativa de suicídio e conhecer o cuidado de enfermagem prestado a estes. Trata-se de um estudo transversal, descritivo-exploratório. Foram abordados 60 casos através de um formulário próprio. Os dados foram processados e analisados através programa Epi-Info. Atendeu-se a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. A cidade de Sobral teve o maior índice de admissões. A maioria dos casos ocorreu com mulheres jovens, solteiras que utilizaram a intoxicação exógena como método de autoextermínio. Quanto à ocupação, destacaram-se desempregados, estudantes e agricultores. Observou-se o uso de álcool e outras drogas associados. 40% dos pacientes eram reincidentes. Entre as motivações mais relatadas estão os conflitos familiares e amorosos. A metade dos pacientes classificou o cuidado de enfermagem como Bom. Em geral, a maioria das intervenções realizadas nos pacientes internados estava ligadas a procedimentos técnicos de enfermagem. Pesquisas paralelas de caráter qualitativo podem ser desenvolvidas para esclarecer melhor este agravo.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliany Nazaré Oliveira, Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA

Enfermeira. Doutora em enfermagem pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Docente do curso de graduação em enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. Sobral-CE-Brasil.

Tamires Alexandre Felix, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Enfermeira. Mestra em Saúde da Família. Especialista em Gestão dos Serviços de Urgência e Emergência. Especialista em Terapia Intensiva.

Camila Bezerra de Lima Mendonça, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Graduada em Enfermagem.

Paulo Sérgio Ferreira Lima, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Graduado em Enfermagem.

Adeliane Souza Freire, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Discente do curso de enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Pesquisadora bolsista da FUNCAP. Sobral-CE-Brasil

Roberta Magda Martins Moreira, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Discente do curso de enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Pesquisadora bolsista da FUNCAP. Sobral-CE-Brasil

Downloads

Publicado

2016-11-01

Como Citar

Oliveira, E. N., Felix, T. A., Mendonça, C. B. de L., Lima, P. S. F., Freire, A. S., & Moreira, R. M. M. (2016). ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E O CUIDADO DE ENFERMAGEM NA TENTATIVA DE SUICÍDIO. Revista Enfermagem Contemporânea, 5(2). https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v5i2.967

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)