RISCOS OCUPACIONAIS EM ENFERMAGEM NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMILÍA: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO

Autores

  • Thaiane Barbosa de Jesus
  • Jheryck Flores
  • Carina Oliveira dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v4i2.711

Palavras-chave:

Risco Ocupacional, Estratégia Saúde da Família, Enfermagem

Resumo

Na Estratégia de Saúde da Família (ESF), a enfermagem está sujeita a riscos ocupacionais a partir da atribuição que lhe compete, ao processo de trabalho e as suas relações institucionais e profissionais no ambiente de laboral. Nesse contexto, a bibliometria vem conhecer e avaliar a produtividade, os pesquisadores, a disseminação das informações publicadas sobre a temática. Objetivo: mapear os artigos originais que relatam os riscos ocupacionais da enfermagem no contexto da ESF. Metodologia: estudo bibliométrico das publicações originais sobre riscos ocupacionais, enfermagem e ESF, na base de dados da BDENF publicados no período de 2002 a 2014, analisados quanto à frequência de cada descritor, quantidade de publicação, Qualis e fator de impacto por periódico, idioma, região/ instituições mais publicadas, titulação, formação e local de atuação dos autores. Para análise dos dados foi feita frequência, percentil e média. Resultados: foram encontradas 229 e selecionadas 46 publicações, com poucos artigos utilizando os três descritores, sendo o descritor “risco ocupacional” o mais utilizado, com 46 (48,9%) e, a maioria 137 (97,1%) dos autores são enfermeiros, 94 (66,2%) docentes 55 (40,1%) com doutorado. O idioma predominante foi o português, com destaque para Revista de Enfermagem UERJ e Latino-Americana com mais publicações, sendo revistas com Qualis B2 a mais optada pelos autores. A Região Sudeste foi a mais produtiva e grande parte das instituições são públicas. Conclusão: número limitado de trabalhos referente à temática, sendo necessário ampliar discussões sobre riscos ocupacionais e as especificidades da ESF, e percebe-se a enfermagem com papel importante na divulgação científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaiane Barbosa de Jesus

Enfermeira. Discente em Enfermagem do Trabalho pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA) e em Auditoria em Saúde pela Atualiza Cursos. Salvador, Bahia. 

Jheryck Flores

Enfermeiro. Discente em Enfermagem do Trabalho pela Escola de Medicina e Saúde Publica (BAHIANA). Salvador, Bahia.

Carina Oliveira dos Santos

Fisioterapeuta. Mestre e Doutoranda em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial- SENAI/CIMATEC, Docente da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA) e da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Downloads

Publicado

2016-03-08

Como Citar

de Jesus, T. B., Flores, J., & dos Santos, C. O. (2016). RISCOS OCUPACIONAIS EM ENFERMAGEM NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMILÍA: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO. Revista Enfermagem Contemporânea, 4(2). https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v4i2.711

Edição

Seção

Estudos de Revisão: Sistemática ou Integrativa (apenas)