PERCEPÇÃO DOS TRABALHADORES DE SOLDAGEM EM RELAÇÃO À EXPOSIÇÃO AOS RISCOS DE ACIDENTES NO LOCAL DE TRABALHO

Autores

  • Thalyta Moraes Andrade Dias
  • Giovana Fernandes Araújo

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v4i1.468

Palavras-chave:

Risco ocupacional, Saúde do Trabalhador, Soldagem

Resumo

O presente estudo objetivou identificar a percepção dos trabalhadores de soldagem em relação à exposição aos riscos de acidentes no local de trabalho e as medidas de prevenção. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo, baseado em entrevistas gravadas com roteiro semi-estruturado, com nove (9) colaboradores que trabalham diretamente expostos à solda. O estudo revelou que os trabalhadores detêm pouco conhecimento em relação aos riscos que estão expostos além da proteção individual ser inadequada. Tal fato requer, da empresa, uma maior atenção no que diz respeito à fiscalização quanto ao uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e programas direcionados a melhoria sobre o conhecimento da segurança ocupacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovana Fernandes Araújo

Enfermeira, Mestre em Meio Ambiente e Sustentabilidade. Especialista em Enfermagem do Trabalho e Saúde da Família. Professora do curso de Enfermagem da Faculdade Independente do Nordeste.

 

Downloads

Publicado

2015-08-28

Como Citar

Andrade Dias, T. M., & Fernandes Araújo, G. (2015). PERCEPÇÃO DOS TRABALHADORES DE SOLDAGEM EM RELAÇÃO À EXPOSIÇÃO AOS RISCOS DE ACIDENTES NO LOCAL DE TRABALHO. Revista Enfermagem Contemporânea, 4(1). https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v4i1.468

Edição

Seção

Artigos Originais