Migração pendular e saúde: perfil de paraguaios em tratamento dialítico em município de fronteira internacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.2022.e3942

Palavras-chave:

Áreas de Fronteira, Diálise Renal, Doença Crônica, Atenção à Saúde, Sistema Único de Saúde

Resumo

Introdução: O sistema de saúde do Paraguai não garante cobertura total no tratamento da doença renal crônica (DRC) e existe uma demanda importante de pacientes estrangeiros que buscam assistência no Brasil. Objetivou-se caracterizar o perfil de pacientes de origem paraguaia em tratamento de hemodiálise em Foz do Iguaçu, Paraná (Brasil) de fevereiro a abril de 2018. Método: Pesquisa exploratória e descritiva, utilizou procedimentos de análise quantitativos e a fonte dos dados foi o banco de dados do serviço especializado. Resultados: O perfil foi estabelecido a partir do cadastro de 23 pacientes paraguaios ativos no banco de dados no período da coleta dos dados, sendo: 73,9% do sexo masculino; 65,2% casados, 26,1% com ensino fundamental incompleto, 43,45% entre 40 a 59 anos e 47,85% com idade ? 60 anos, 73,9% usaram cateter como primeiro acesso e 78,3% realizaram a primeira sessão de hemodiálise em caráter de emergência; a diabetes e a hipertensão foram as principais doenças de bases e 39,2% não estavam sob cuidados de nefrologista na fase não dialítica. Conclusão: Assimetrias nos sistemas de saúde de países fronteiriços podem impactar o adoecimento crônico que exige acesso para manejo inicial adequado que previna o agravamento em fases avançadas da doença. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Pinho NA, Silva GV, Pierin AMG. Prevalence and factors associated with chronic kidney disease among hospitalized patients in a university hospital in the city of São Paulo, SP, Brazil. J. Bras. Nefrol. 2015;37(1):91-7. http://dx.doi.org/10.5935/0101-2800.20150013

Draibe AS, organizador. Panorama da Doença Renal Crônica no Brasil e no mundo [Internet]. São Luís: Unasus/UFMA;2014. Available from: https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/2028?show=full

Souza EBC, Gemelli V. Território, região e fronteira: análise geográfica integrada da fronteira Brasil-Paraguai. Rev. Bras. Estudos Urbanos e Regionais. 2011;13(2):101-16. https://doi.org/10.22296/2317-1529.2011v13n2p101

Lei Federal n. 13.445, de 24 de maio de 2017 (Brasil). Lei de Migração. Dispõe sobre os direitos e os deveres do migrante e do visitante, regula a sua entrada e estada no País e estabelece princípios e diretrizes para as políticas públicas para o emigrante [Internet]. Brasília, 24 maio 2017. Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13445.htm

Zaslavsky R, Goulart BNG. Migração pendular e atenção à saúde na região de fronteira. Ciênc. saúde coletiva. 2017;22(12):3981-6. https://doi.org/10.1590/1413-812320172212.03522016

Oliveira MAM, Loio JAM. Migração internacional pendular em fronteira: em busca de qualificações espaciais. Revista Videre. 2019;11(21):54-67. https://doi.org/10.30612/videre.v11i21.9069

Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 (Brasil). Regulamenta a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do Sistema Único de Saúde (SUS), o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa, e dá outras providências. Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Decreto/D7508.htm

Guerra K, Ventura M. Bioethics, immigration and health care: tensions and convergences on the human right to health in Brazil in the regional integration of the countries. Cad. saúde colet. 2017;25(1):123-9. https://doi.org/10.1590/1414-462x201700010185

Aikes S, Rizzotto MLF. Regional integration of healthcare services in twin cities, Paraná State, Brazil. Cad. Saúde Pública. 2018;34(8):e00182117. https://doi.org/10.1590/0102-311x00182117

Silva VR, Ugoski DR, Dravanz GMG. The Denial of Social Assistance Rights to Undocumented Transboundary People: challenges for twin towns. Textos Contextos [Internet]. 2017;16(1):231-43. Available from: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass/article/view/27121

Albuquerque JLC. Limits and paradoxes of citizenship in borderlands: Assistance to the brasiguaios in the public health system in Foz do Iguaçu (Brasil). Geopolítica(s). 2012;3(2):185-205. Available from: https://revistas.ucm.es/index.php/GEOP/article/viewFile/40040/40396

Agencia de Información Paraguaya. Analizarán situación de la nefrología en Paraguay en congreso médico [Internet]. Assunção: Ministerio de Tecnologías de la Información y Comunicación; 2015. Available from: http://www.ip.gov.py/ip/?p=52195http://www.ip.gov.py/ip/?p=52195

Campos CEA, Freitas R, Brandão AL, Kastrup E. Cooperação Técnica entre Brasil e Paraguai para a implantação do Programa Saúde da Família no Paraguai [Internet]. Brasília: OPAS; 2013. Available from: https://www.paho.org/bra/dmdocuments/BOASPRATICAS_ED6_web.pdf

Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Martins CT. Brazilian Chronic Dialysis Survey 2016. J. Bras. Nefrol. 2017;39(3):261-6. http://dx.doi.org/10.5935/0101-2800.20170049

Freitas EB, Bassoli FA, Vanelli CP. Perfil Sociodemográfico de indivíduos portadores de doença renal crônica em tratamento dialítico: estudo descritivo. HU Rev [Internet]. 2014;39(1/2). Available from: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2023

Oliveira CS, Silva EC, Ferreira LW, Skalinski LM. Profile of chronic renal patients on renal dialysis treatment. Rev Baiana de Enfermagem [Internet]. 2015;29(1):42-9. Available from: https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/viewFile/12633/9541

Sousa F, Resende V, Silva W, Silva PG, Sousa B, Soares B, et al. Clinical and socio-demographic profile of hemodialysis patients. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 2020;93(31):e-20039. Available from: http://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/643

Santos KK, Lucas TC, Glória JCR, Pereira-Júnior AC, Ribeiro GC, Lara MO. Epidemiological profile of chronic renal patients in treatment. Rev de Enfermagem Ufpe on line. 2018;9(2):2293-2300. https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i9a234508p2293-2300-2018

Ministério da Saúde (Brasil). Diretrizes clínicas para o cuidado ao paciente com doença renal crônica no sistema único de saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2014. Available from: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_clinicas_cuidado_paciente_renal.pdf

Ministério da Saúde (Brasil). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Protocolos de encaminhamento da atenção básica para a atenção especializada: endocrinologia e nefrologia [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2015. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolos_atencao_basica_atencao_especializada_endocrinologia.pdf

Santos JFM, Luz MS, Silva RL, Aguiar V, Moura I, Silva P. Strategies of primary care in chronic renal disease: the importance of early diagnosis. Saúde.com. 2017;13(2):863-70. Available from: http://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/466

Abreu LA, Carvalho GAB, Azeredo BA, Mangabeira RR, Souza DC, Guimarães FP, et al. Importância do diagnóstico precoce da Doença Renal Crônica: uma revisão de literatura. Revista Atenas Higeia [Internet]. 2019;1(2):19-23. Available from: https://bit.ly/3mQDTgA

Publicado

2022-01-06

Como Citar

Pereira, E., & Carvalho, M. de. (2022). Migração pendular e saúde: perfil de paraguaios em tratamento dialítico em município de fronteira internacional . Revista Enfermagem Contemporânea, 11, e3942. https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.2022.e3942

Edição

Seção

Artigos Originais