Profissionais de Enfermagem na UTI e seu protagonismo na pandemia: Legados da Covid-19

Autores

  • Jaqueline Fernandes Ribeiro Faculdade Santa Maria
  • Josefa Mayara de Figueiredo Andrade Faculdade Santa Maria
  • Krysnah Allen da Silva Melo Faculdade Santa Maria
  • Francisca Lianne Fernandes Bandeira Faculdade Santa Maria
  • Pollyanna Sousa da Silva Faculdade Santa Maria
  • Maria Artunilda Bezerra Pinho Faculdade Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v10i2.3423

Palavras-chave:

Infecções por Coronavirus. Unidades de Terapia Intensiva. Enfermeiras e Enfermeiros. Papel do Profissional de Enfermagem. Pandemias.

Resumo

OBJETIVO: Analisar a atuação dos profissionais de enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva, considerando seu protagonismo no atendimento aos pacientes com COVID-19 e os legados dessa pandemia até o momento. MÉTODO: Revisão sistemática com base no protocolo Preferred Reporting Itens for Systematic Reviews and Meta-Analysis. Foram consideradas publicações em português, inglês e espanhol dos últimos dois anos (2019-2020) indexados na Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde do Brasil, na PubMed, Cochrane Central e Web Of Science. RESULTADOS: Foram selecionados 14 artigos para a análise dos dados. A atuação do profissional de enfermagem no combate ao COVID-19 é consenso em diferentes países, sendo destacada sua atuação como linha de frente e as necessidades de adaptação a um contexto inédito, lidando com o desconhecido e com pesquisas frequentes que apontavam novas descobertas. Como implicações futuras frente à atual pandemia verificou-se fatores como maior valorização dos profissionais de enfermagem, inclusive com uso de profissionais intensivistas e anestesistas, diversificação das formas de comunicação, melhor autogerenciamento e gerenciamento das equipes e o teleatendimento em cuidados de enfermagem. CONCLUSÃO: A pandemia trazida pela COVID-19 evidenciou o protagonismo dos enfermeiros. Com as mudanças e adaptações exigindo novos protocolos e formas de atendimento, podendo ser considerados como legados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-04-05

Como Citar

Fernandes Ribeiro, J., de Figueiredo Andrade, J. M., da Silva Melo, K. A., Fernandes Bandeira, F. L., Sousa da Silva, P., & Bezerra Pinho, M. A. (2021). Profissionais de Enfermagem na UTI e seu protagonismo na pandemia: Legados da Covid-19. Revista Enfermagem Contemporânea, 10(2). https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v10i2.3423

Edição

Seção

Estudos de Revisão: Sistemática - Integrativa – Bibliométrica