Diarreia no paciente crítico: conhecimento e conduta de profissionais de unidades de terapia intensiva

Beatriz Silva de Sousa Siqueira, Fernanda Godoi Melo

Resumo


OBJETIVO: avaliar o conhecimento e conduta de profissionais de saúde em relação à diarreia em pacientes recebendo nutrição enteral. MÉTODOS: estudo transversal realizado com profissionais de saúde de duas Unidades de Terapia Intensiva de adultos. Os dados foram coletados por meio de um questionário autoaplicável. RESULTADOS: participaram do estudo 37 profissionais, sendo 17 (45,9%) auxiliares ou técnicos em enfermagem, 8 (21,6%) enfermeiros, 8 (21,6%) médicos, 3 (8,1%) nutricionistas e 1 (2,8%) profissão omissa. A definição mais comum encontrada para diarreia foi “três ou mais episódios de evacuações líquidas ou semilíquidas/dia.” As principais causas citadas para diarreia foram a “infecção” e a “dieta”. A atitude/conduta mais observada foi “comunicação à equipe”. A maioria (16; 43,2%) presencia, com muita frequência, dietas interrompidas por causa de diarreia e a “adequação da dieta” e a “capacitação da equipe multiprofissional” foram as soluções mais citadas para se prevenir essa interrupção. A maioria (20; 54%) dos profissionais não participou de nenhum treinamento sobre diarreias, e 33 profissionais (cerca de 90%) considera importante a implementação de um protocolo.  CONCLUSÃO: há divergências entre os profissionais de saúde, tanto em seus conhecimentos quanto nas condutas frente ao paciente com diarreia na UTI, o que pode influenciar diretamente no cuidado com o mesmo. A capacitação da equipe multiprofissional e a criação de um protocolo são essenciais.


Palavras-chave


Diarreia. Nutrição Enteral. Profissional da Saúde. Cuidados Intensivos. Unidade de Terapia Intensiva.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3378rec.v10i1.3184

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Beatriz Silva de Sousa Siqueira, Fernanda Godoi Melo

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

DOAJ          ROAD          FUNADESP                    

 

Revista Enfermagem Contemporânea | ISSN: 2317-3378

Site atualizado em 03/01/2020

Licença Creative Commons