Práticas de enfermeiras na assistência ao parto no Brasil: revisão de literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v9i1.2753

Palavras-chave:

Saúde da mulher. Parto humanizado. Parto normal. Enfermeiras obstétricas. Humanização da assistência.

Resumo

OBJETIVO: Descrever e discutir a produção científica acerca da prática de enfermeiras na assistência ao parto. MÉTODO: Foi realizada uma revisão de literatura integrativa utilizando publicações disponíveis. A busca dos artigos ocorreu nas bases de dados LILACS, BDENF, Portal de periódicos CAPES, Biblioteca Eletrônica Científica Online SCIELO no período de 2014 a 2019, sendo selecionados e analisados 14 estudos. Para pesquisa foi utilizado os descritores “saúde da mulher”, “parto humanizado”, “parto normal”, “enfermeiras obstétricas”, “humanização da assistência” com o operador booleano AND no final de cada descritor.  Os critérios de inclusão utilizados foram artigos originais e de revisão, publicados na íntegra, na língua portuguesa em periódicos nacionais. RESULTADOS: Emergiram duas categorias de análise: Prática das enfermeiras acerca das boas práticas da assistência ao parto e nascimento e fatores que interferem no trabalho de parto das parturientes. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Verificou-se uma adesão às boas práticas de atenção ao parto e nascimento, como o uso de métodos não farmacológicos no manejo da dor, presença do acompanhante, dentre outros. No entanto, também foi observado que as mulheres são colocadas em um lugar passivo e ficam expostas devido a uma estrutura inadequada e a falta de recursos materiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laís da Silva Bispo, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Laís da Silva Bispo. Graduanda em Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP). Integrante do Programa de Extensão e Projeto de Estudo do Excesso do Peso (PEPE) - EBMSP. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa Interfaces em Saúde - Saúde da Mulher e Prevenção ao Suicídio da EBMSP. Salvador, Bahia, Brasil. laisbispo16.1@bahiana.edu.br (ORCID 0000-0002-0019-0065)

Fernanda Sampaio Novaes, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Fernanda Sampaio Novaes. Graduanda em Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública-EBMSP. Integrante do Programa de Extensão para Pessoas com Excesso de Peso (PEPE) – EBMSP. Integrante do Programa de Extensão do Centro de Informações Antiveneno (CIAVE). Integrante do Programa de Extensão e Projeto de Estudo do Excesso do Peso (PEPE) - EBMSP. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa Interfaces em Saúde - Saúde da Mulher e Prevenção ao Suicídio da EBMSP. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa Interfaces em Saúde/ Saúde Pública e Doenças Cardiovasculares-EBMSP. Bolsista do projeto PIBIC – EBMSP. Salvador, Bahia, Brasil. fernandanovaes16.1@bahiana.edu.br (ORCID 0000-0002-4552-1198).

Bárbara Angélica Gómez Pérez, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e Universidade Estadual da Bahia

Mestre em Enfermagem na Área de Saúde da Mulher pela Universidade Federal da Bahia (2006); Especialista em Cuidado Pré-natal pela UNIFESP - UAB (2015); Especialista em Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem pela FIOCRUZ - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (2005); Especialista em Obstetrícia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (1993); Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (1992). Profa. Auxiliar do Curso de enfermagem da UNEB na disciplina de Enfermagem em Atenção à Saúde da Mulher; Profa e Responsável pela disciplina de Prática em Saúde da Mulher para a Graduação de Enfermagem na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública; Profa. de Pós Graduação para Enfermagem Obstétrica e Ginecológica, em Emergência Obstétrica e Ginecológca/UTI, em diversasa Instituições; Experiência na área de Assistência geral, ginecológica, obstétrica e Educação na Graduação e Pós-Graduação de Enfermagem, atuando principalmente nos seguintes áreas: Graduação e Pós graduação; Saúde da Mulher - Obstetrícia e Ginecologia, Pesquisa e Extensão.

Downloads

Publicado

2020-04-16

Como Citar

Bispo, L. da S., Novaes, F. S., & Pérez, B. A. G. (2020). Práticas de enfermeiras na assistência ao parto no Brasil: revisão de literatura. Revista Enfermagem Contemporânea, 9(1), 127–137. https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v9i1.2753

Edição

Seção

Estudos de Revisão: Sistemática ou Integrativa (apenas)

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)