Adoecimento e religiosidade/espiritualidade uma possível reflexão

Fernanda Sampaio Novaes, Paula Silva Peixoto, Claudio Luiz Anunciação Santos Júnior, Gabriel Leonardo de Jesus Lima Santos, Thaís Marques Moura, Gilmara Ribeiro Santos Rodrigues

Resumo


OBJETIVO: Refletir sobre o papel da religiosidade/espiritualidade no processo de adoecimento. MÉTODO: Trata-se de um ensaio teórico-reflexivo apresentado a partir da importância da religiosidade/espiritualidade relacionada ao processo de adoecimento e às práticas de cuidado em saúde. Realizado nos meses de setembro e outubro de 2019, a partir de estudos e discussões de um grupo de discentes do curso de enfermagem que atuam em um projeto de extensão que presta assistência a pessoas com hipertensão arterial e diabetes mellitus em um ambulatório de saúde de uma instituição privada de ensino superior. RESULTADOS: A religiosidade/espiritualidade tem auxiliado na aceitação de prognósticos negativos decorrentes da cronicidade de doenças, fazendo com que a pessoa doente ressignifique o processo do adoecimento. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Deste modo, a religiosidade/espiritualidade pode ser utilizada como recurso que auxilia na adesão ao tratamento, cuidados de saúde em geral e como auxiliar no prognóstico de saúde.

Palavras-chave


Espiritualidade. Cooperação e Adesão ao Tratamento. Assistência Integral à Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3378rec.v8i2.2567

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Fernanda Sampaio Novaes, Paula Silva Peixoto, Claudio Luiz Anunciação Santos Júnior, Gabriel Leonardo de Jesus Lima Santos, Thaís Marques Moura, Gilmara Ribeiro Santos Rodrigues

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

DOAJ          ROAD          FUNADESP                    

 

Revista Enfermagem Contemporânea | ISSN: 2317-3378

Site atualizado em 03/01/2020

Licença Creative Commons