Aspectos motivacionais do abandono do tratamento de obesidade

Catia Suely Palmeira, Isadora Novais, Victoria Roberta Silva Santos, Maria de Lourdes Lima

Resumo


OBJETIVO: Identificar os motivos que levaram ao abandono do tratamento de obesidade. MÉTODOS: Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa realizada em um serviço de referência no acompanhamento de pessoas com excesso de peso na cidade de Salvador-BA. A população foi constituída por 62 pessoas que deixaram de frequentar o programa multidisciplinar por mais de dois anos. A coleta dos dados foi realizada pela análise do prontuário e entrevista por telefone. RESULTADOS: Predomínio do sexo feminino (90,3%), com média de idade de 47,9 anos, cor parda (46,8%), renda menor do que 3 salários mínimos (64,7%) e escolaridade até o segundo grau (75,8%). Depois da saída do programa 87,1% não estava sendo acompanhada por nenhum outro serviço de saúde para o tratamento do excesso de peso. Os motivos mais frequentes para o abandono foram de ordem pessoal como à falta de tempo (24,2%) e problemas inerentes ao trabalho (38,7%); e relacionados ao serviço, tais como o horário de atendimento (24,2%), dificuldade em agendar retorno (24,2%) e demora no atendimento (16,1%). CONCLUSÃO: O abandono do tratamento da obesidade é complexo e causado por múltiplos fatores, relacionados a motivos de ordem pessoal, à estrutura e organização do serviço de saúde a equipe de profissionais.

Palavras-chave


Obesidade. Sobrepeso. Tratamento. Pacientes desistentes do tratamento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3378rec.v8i2.2561

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Catia Suely Palmeira, Isadora Novais, Victoria Roberta Silva Santos, Maria de Lourdes Lima

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

DOAJ          ROAD          FUNADESP                    

 

Revista Enfermagem Contemporânea | ISSN: 2317-3378

Site atualizado em 03/01/2020

Licença Creative Commons