O acolhimento da família na unidade de terapia intensiva

Manuela de Oliveira das Mercês, Brenda Fadigas Carvalho, Dennifer da Rocha da Silva, Simone Cardoso Passos

Resumo


OBJETIVO: Descrever a importância do acolhimento aos familiares de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva descrita nas publicações. MÉTODO: Constitui-se numa revisão sistemática de abordagem qualitativa, descritiva, exploratória, realizada através do levantamento bibliográfico na Scielo, Lilacs e BDENF. Os dados foram analisados através da análise de conteúdo de Bardin. RESULTADOS: Dos 16 estudos encontrados, 10 artigos compuseram o corpus de análise da revisão, emergindo três categorias: a hospitalização de um ente querido em uma Unidade de Terapia Intensiva; acolhendo, envolvendo e cuidando da família em uma Unidade de Terapia Intensiva e as estratégias para aplicabilidade da humanização do cuidado em uma Unidade de Terapia Intensiva. CONCLUSÃO: é de suma importância a valorização das relações humanas estabelecidas entre profissionais, familiares e pacientes permeadas por meio do acolhimento. A enfermagem tem um papel fundamental na construção do protagonismo dos familiares, respeitando suas individualidades e angústias através de intervenções comprometidas com o cuidado integral, acolhimento, escuta, comunicação, vínculo e responsabilização e assim alcançando uma assistência de qualidade.


Palavras-chave


Acolhimento. Enfermagem. Família. Unidades de Terapia Intensiva. Humanização da Assistência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3378rec.v8i2.2534

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Manuela de Oliveira das Mercês, Brenda Fadigas Carvalho, Dennifer da Rocha da Silva, Simone Cardoso Passos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

DOAJ          ROAD          FUNADESP                    

 

Revista Enfermagem Contemporânea | ISSN: 2317-3378

Site atualizado em 03/01/2020

Licença Creative Commons